Goldman Sachs: Até o final do ano, Ethereum pode chegar a US $ 8.000

Alguns dias atrás, ZeroHedge publicou um artigo citando explicitamente uma previsão do Goldman Sachs sobre o preço do Ethereum (ETH).

ZeroHedge, cita uma nota do diretor-gerente do Banco para mercados globais, Bernhard Rzymelka, que mostraria que as criptomoedas têm sido negociadas em linha, com o ponto de equilíbrio da inflação desde 2019.

A análise seria baseada em um gráfico que mostra uma comparação entre o Bloomberg Galaxy Crypto Index, em escala logarítmica e o swap de inflação do dólar americano de 2 anos.

Gráfico comparativo
A comparação entre o Bloomberg Galaxy Crypto Index em escala logarítmica e o swap de inflação do dólar americano de 2 anos

Essa comparação, parece traçar uma correlação entre as duas curvas, embora não haja evidências de que, essa seja realmente uma relação causal. No entanto, suas conclusões são de que a inflação é, certamente uma força motriz por trás do recente aumento no valor das criptomoedas.

Comentários ZeroHedge:

O que é irônico, já que alguns dos maiores detratores da criptomoeda também são alguns dos maiores fanboys do Fed, que costumam torcer pela catastrófica política monetária do Fed; mal sabiam eles que o aumento recorde das criptomoedas seria o resultado mais direto dessa política.

Goldman Sachs: um ambiente favorável para Ethereum

Diante disso, Rzymelka argumenta que o ambiente atual parece favorável para a Ethereum (ETH), porque recentemente ela vem acompanhando os mercados de inflação de maneira especial. O pico mais recente no ponto de equilíbrio da inflação, sugere um novo potencial, caso essa correlação persista.

Rzymelka também acrescenta que o recente aumento para pouco menos de US $ 4.500 pode ser um sinal de exaustão ou um ponto de partida para uma nova aceleração. Nesse caso, o preço da Ethereum poderia subir até US $ 8.000, nos próximos dois meses, assumindo que a correlação mencionada com a inflação persiste.

Outro fator interessante é o fato de que o RSI ainda não atingiu os níveis de sobre compra, vistos durante os períodos de alta no passado, o que sugeriria uma possível nova alta.

Rzymelka também aponta que, os swaps de inflação dos EUA sugerem um núcleo de inflação de 2,50% ou mais para os próximos 5 anos; o que pode trazer mais, benefícios a longo prazo.

Fonte: Cryptonomist

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_