Google estende em seis meses o suporte do Chrome para Windows 7

O Windows 7 suportará o Chrome até pelo menos 2022

Boas notícias para todos que ainda preferem o Windows 7 às versões mais recentes do sistema operacional. O Google estendeu o suporte do Chrome para o venerável sistema operacional por mais seis meses, dando às empresas cujos planos de migração para o Windows 10 foram suspensos por causa da pandemia mais espaço para respirar.

Apesar do Windows 7 chegar ao fim do período de suporte estendido para usuários não pagantes em janeiro, ele ainda é encontrado em cerca de um quinto de todas as máquinas Windows. Parte da razão para o lento declínio é a pandemia; com os departamentos de TI das empresas tendo que lidar com a mudança para o trabalho remoto, novos protocolos de segurança e outros projetos relacionados, a migração para o Windows 10 se tornou menos prioritária.

Chrome Windows 7

Distribuição do sistema operacional da NetMarketShare. Sim, as pessoas ainda usam o Windows 8.1

 

“Embora os últimos meses tenham servido como um catalisador para investimentos em tecnologia e iniciativas de transformação digital para muitas organizações, para outras, alguns projetos de TI planejados podem ter ficado em segundo plano”, escreveu o diretor de engenharia do Google para o Chrome, Max Christoff.

Antes da pandemia, o Google disse que continuaria a atualizar o Chrome no Windows 7 por 18 meses após o término da data de suporte estendido deste último, o que nos levaria até julho de 2021. Agora, as atualizações de segurança foram estendidas pelo menos até janeiro de 2022.

“Esperamos que esta extensão dê aos nossos clientes empresariais a flexibilidade de que precisam para continuar a apoiar a sua força de trabalho, enquanto deixam de utilizar o Windows 7 conforme a sua situação o permitir”, completou Christoff.

2020 11 23 image

No segundo trimestre de 2020, um relatório encomendado pelo Google descobriu que 21% das empresas ainda estavam em processo de migração para o Windows 10, enquanto 1% planejava começar a migrar em breve. É provável que a Covid-19 tenha prejudicado os planos de muitas organizações, atrasando a atualização de versões anteriores do Windows.

Fonte: TechSpot

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.