Google permitirá anúncios cripto de exchanges e carteiras devidamente registradas

O Google diz que todas as certificações anteriores emitidas para empresas que desejam colocar anúncios em seu site serão revogadas e novas solicitações devem ser feitas de acordo com as diretrizes estabelecidas.

O gigante dos mecanismos de busca Google, uma subsidiária da Alphabet, publicou uma nova atualização em sua política de produtos e serviços financeiros em que permitirá anúncios cripto de exchanges de moedas digitais e carteiras. De acordo com a atualização postada em sua página de suporte, o Google disse que sua nova orientação para anúncios de criptomoedas entrará em vigor a partir de 3 de agosto.

O Google disse que os anunciantes que oferecem exchanges e carteiras de criptomoedas voltadas para os Estados Unidos terão permissão para usar sua plataforma quando estiverem devidamente certificados. Para obter as certificações necessárias, as plataformas de negociação ou negócios relacionados devem ser registrados na Financial Crimes Enforcement Network. Isso poderia ser como um negócio de serviços financeiros e com pelo menos um estado como um transmissor de dinheiro. As entidades também podem ser registradas em uma entidade bancária federal ou estadual.

Os requisitos adicionais citados pelo Google incluem a necessidade de os anunciantes cumprirem os requisitos legais relevantes, incluindo quaisquer requisitos legais locais, seja em nível estadual ou federal. Todos os canais de anúncios cripto segmentados do Google também devem obedecer às políticas de publicidade da plataforma.

O Google diz que todas as certificações anteriores emitidas para empresas que desejam colocar anúncios em seu site serão revogadas e novas solicitações devem ser feitas de acordo com as diretrizes estabelecidas. Como uma diretriz mais detalhada, os anúncios cripto do Google não serão permitidos para ofertas iniciais de moedas, protocolos de negociação DeFi ou qualquer outra forma de promoção da compra, venda ou comércio de criptomoedas ou produtos relacionados. A empresa também disse que proibirá anúncios direcionados à promoção de “sinais de negociação de criptomoedas, conselhos sobre investimentos em criptomoedas, agregadores ou sites afiliados que contenham conteúdo relacionado ou análises de corretores”.

Atualização do Google Crypto Ads: Implicação para o crescimento do setor

O Google é uma empresa multinacional de tecnologia com alcance global. Este último movimento complementa uma postura de 2018 em que a empresa suavizou sua postura de permissão para anúncios de criptomoedas. A permissão atual de anúncios cripto pode ajudar a impulsionar moedas digitais e ofertas relacionadas para um público global, muitos dos quais podem ter ouvido falar sobre criptomoedas, mas não entendem a tecnologia e seus potenciais.

Todo a blockchain e o ecossistema cripto têm pouco mais de uma década e a taxa de adoção no ano passado refletiu a necessidade mundial de moedas alternativas para gastar. Uma plataforma internacional para apresentar as ofertas exclusivas dessa tecnologia e suas inovações resultantes é essencial para uma jornada para a adoção mainstream.

A atualização da Política de Produtos e Serviços Financeiros pelo Google é um reconhecimento dos avanços da indústria. Mais do que nunca, usuários e investidores em todo o mundo estão recorrendo às moedas digitais para combater a desvalorização monetária, realizar transações rápidas e baratas e servir como reserva de valor. A permissão do Google para anúncios cripto pode ajudar a adicionar a coroa ao impulso revolucionário de blockchain, criptomoedas e as inovações associadas.

Fonte: Coinspeaker

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.