Governo chinês inicia desenvolvimento de nova “cidade blockchain” na Malásia

Ásia está desenvolvendo primeira cidade blockchain do mundo

A China aparentemente está desenvolvendo uma cidade inteligente focada na tecnologia blockchain no Estreito de Malaca, na Malásia.

O projeto é resultado de uma colaboração entre a China Wuyi e a rede de investimento SWT International Sdn Bhd, com parte do financiamento sendo oferecido pelo governo chinês.

Construída em uma importante rota de embarque, a iniciativa deve transformar Malaca em uma “cidade blockchain“, sendo conhecida como cidade do Estrito de Melaka.

Com um investimento de US$120 milhões, o projeto fará com que a cidade de Malaca funcione inteiramente com a tecnologia blockchain, que irá funcionar em uma plataforma DMI com um token nativo que compartilha seu nome. O ativo será utilizado como moeda primária na cidade, também servindo como base para o desenvolvimento da cidade em termos de serviços diários.

Os visitantes terão que cambiar sua respectiva moeda fiat pelo DMI, assim como em qualquer outro lugar.

O CEO do projeto, Lim Keng Kai, explicou que a “companhia está utilizando tecnologia blockchain de ponta e integrando na indústria tradicional para transformar a Malásia em um destino para turistas.”

“Nós temos a aprovação do governo para remediar este território e criamos ótimos planos para a área.”

Este será o primeiro exemplo de uma cidade de completo funcionamento apoiada pelo blockchain, uma “cidade do futuro”.

FONTE: CRYPTIMI

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli