Governo da Bélgica está sendo pressionado para regular criptomoedas

A autoridade financeira Belga pressiona governo por regulamentos sobre criptomoedas

A organização da Autoridade de Serviços Financeiros e Mercados da Bélgica está pressionando a agenda do governo para introduzir regulamentos sobre criptomoedas.

Isso ocorreu após um relatório recente em que afirma que uma audiência no Senado, no dia 10 de fevereiro, com Jean-Paul Servais, pressionando os legisladores a estabelecer a estrutura legal para a compra, venda e uso de criptomoedas em relação a produtos financeiros. Jean Servais é o presidente da Autoridade de Serviços Financeiros e Mercados da Bélgica.

O presidente acrescentou que já era hora das autoridades do país abordarem as moedas digitais, pois é um setor que estão avançando significativamente em termos de adoção. Países como Argentina, China, Equador e Argélia são nações que regulamentaram ou baniram criptomoedas. Isso apoiou seu argumento.

Ele também destacou que o mercado estava inundando milhares de moedas digitais, afirmando que o valor combinado era superior a US$ 320 bilhões e, além disso, atores e atividades maliciosas poderiam aumentar se o espaço digital não for regulado adequadamente.

A agência declarou:

“Devido à sua não rastreabilidade, os bitcoins e outras moedas virtuais são muito populares no contexto do cibercrime: eles são onipresentes na darknet, pois podem se tornar cibercriminosos sem deixar vestígios.”

Além disso, a Jean-Paul Servais conversou sobre o crescente número de caixas eletrônicos de bitcoin, que estão em ascensão na Bélgica desde o tour de 2017, quando a principal criptomoeda decolou para US$ 20.000.

Imagem Macrovector por Freepik.

Fonte: Cryptodaily

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao