Governo da Coreia do Sul passa a conceder créditos fiscais a pesquisas Blockchain

A iniciativa irá auxiliar a impulsionar a tecnologia no país

De acordo com a mídia local, as autoridades sul-coreanas decidiram adicionar o blockchain aos campos de pesquisa e desenvolvimento elegíveis para um crédito fiscal, que será utilizado para alavancar a tecnologia. A iniciativa entrará em vigor em fevereiro.

Segundo um artigo,  a aplicação do projeto resultará em uma situação onde de 30% a 40% das despesas de pesquisa e desenvolvimento de pequenas empresas e 20% a 30% de médias e grandes empresas serão dedutíveis.

Na estrutura seguida atualmente, a taxa de dedução fiscal para estes fins voltados a grandes corporações pode variar de 0% a 2%, ou de 8% a 15% para médias empresas. Para pequenas empresas, a taxa é de 25%.

No campo das criptomoedas, recentemente as maiores exchanges do país foram sujeitas a uma auditoria de segurança realizada pelo governo. Entretanto, a maioria se mostrou altamente suscetível a ataques.

No final de 2018, dois ministros da Coreia do Sul anunciaram o lançamento de um projeto piloto blockchain voltado a inovações na logística portuária.

FONTE: COINTELEGRAPH