Governo local chinês vê adoção de blockchain

O governo provincial de Anhui, China, anunciou um plano para adotar a tecnologia blockchain em centros de serviços governamentais.

De acordo com a Agência de Notícias Xinhua, Anhui publicou um novo documento em 1º de janeiro para otimizar o ambiente de negócios na província. Como parte do plano, todos os níveis de governo em Anhui passarão a utilizar novas tecnologias, incluindo a blockchain e inteligência artificial, para oferecer serviços governamentais 24 horas por dia, 7 dias por semana, informou a mídia local Anhui News. 

O objetivo, de acordo com o documento, é digitalizar a infraestrutura de governança da Anhui e otimizar a coleta e o compartilhamento de dados e recursos do governo. 

Anhui faz parte da região que também abrange Xangai, Jiangsu e Zhjiang. Em dezembro de 2019, o governo central da China publicou uma nova diretriz para a região, com o objetivo de priorizar o desenvolvimento da blockchain, computação em nuvem e inteligência artificial, entre outras tecnologias emergentes. 

Até 2025, segundo a diretriz, a região deve contribuir com mais de 3% dos gastos nacionais em pesquisa nessas áreas e 65% do progresso tecnológico geral. 

Ao mesmo tempo, a Comissão Reguladora de Valores Mobiliários de Anhui, iniciou uma campanha de conscientização contra fraudes financeiras, com foco em iniciativas ilegais de blockchain e criptomoeda. A campanha reflete a recente posição da China, referente aos negócios focados em criptomoedas. 

Imagem Freevector por Freepik.

Fonte: The Block Crypto

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao