Grande museu americano passa a aceitar Bitcoin como forma de pagamento

A instituição é a terceira do setor a lidar com o ativo

O importante museu e centro de estudo Great Lakes Science Center de Cleveland, Ohio, a partir de hoje (13 de novembro) está aceitando Bitcoin como forma de pagamento.

De acordo com a Spend Bitcoins USA, pelo menos 2 outros museus americanos já aceitam a criptomoeda, sendo eles o Museu de História de São Petersburgo (Flórida) e o Museu da Curva Costeira (Texas).

“Aceitar Bitcoin é apenas uma pequena parcela do impulso para aumentar o ecossistema blockchain em Cleveland”, disse Kirsten Ellenbogen, CEO do museu.

Aparentemente, as bilheterias do museu possuirão um processador de pagamentos em criptomoedas da BitPay para lidar com as transações.

De acordo com Kirsten, a decisão de aceitar o ativo foi definida pelos termos de compromisso da instituição com inovações na área da ciência, tecnologia, matemática e engenharia.

Segundo um relatório recente da companhia de inteligência blockchain Chainanalysis, atualmente o uso do Bitcoin como capital privado no comércio está em declínio, mesmo que a utilização tenha sido impulsionada significativamente quando a moeda foi caracterizada como um tipo de “ouro digital”.

FONTE: COINTELEGRAPH