Grayscale, maior fundo de bitcoins do mundo, pode virar ETF

Apesar das preocupações sobre a força geral da indústria, é provável que o projeto saia do papel em julho de 2022.

Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), fundo de investimento em Bitcoin com o maior volume do mundo, deve lançar seu fundo de índice (ETF) em julho do ano que vem.

O anúncio foi feito durante evento virtual da MarketWatch, nesta quarta-feira (27), por David LaValle, responsável por ETFs na Grayscale.

Destaque no mercado

A GBTC acredita que agora é o “timing perfeito” para lançar seu novo produto, convertendo seu fundo em um ETF. A aplicação leva 240 dias e está sendo avaliada pela U.S. Securities and Exchange Comission (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, em tradução livre).

No momento em que este artigo foi escrito, a GBTC possui cerca de US$ 38.8 bilhões em fundos sob gerenciamento. Somados, todos os fundos da Grayscale atingem a marca de US$ 53.1 bilhões.

Capital novo

Arthur Rayes, antigo responsável pela negociação de derivativos da exchange BitMEX, publicou em seu blog uma crítica ácida a respeito da iniciativa:

“Já existe um pseudo-ETF de cerca de US$ 40 bilhões na Grayscale Bitcoin Trust (GBTC). Não é tecnicamente um ETF, mas acumulou fundos, de qualquer forma. Portanto, o necessário não é transformar um produto em outro, mas sim capital novo no sistema.”

Convém mencionar que a SEC tem rejeitado inúmeras aplicações para a criação de ETFs, o que sempre afetou os preços do Bitcoin. Contudo, os impactos negativos com relação aos preços têm diminuído consideravelmente ao longo dos tempos.

Foto de Rafael Motta
Foto de Rafael Motta O autor:

Jornalista, trader e entusiasta de tecnologia desde a mais tenra juventude. Foi editor-chefe da revista internacional 21CRYPTOS e fundador da Escola do Bitcoin, primeira iniciativa educacional 100% ao vivo para o mercado descentralizado. Foi palestrante na BlockCrypto Conference, em 2018.