Hackers drenam hot wallets da exchange KuCoin

Os fundos da uma exchange de criptomoedas asiática KuCoin foram comprometidos em uma violação de segurança

Ataque de hackers na KuCoin: a exchange de ativos digitais sediada em Singapura disse em um comunicado que detectou grandes retiradas de tokens Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) para uma carteira desconhecida começando às 19h05 (horário UTC) de sexta-feira.

Em uma transmissão ao vivo às 4:30 UTC de sábado, o CEO da KuCoin, Johnny Lyu, disse que um ou mais hackers obtiveram as chaves privadas das hot wallets da exchange. A KuCoin transferiu o que restava nelas para novas hot wallets, abandonou as antigas e congelou os depósitos e retiradas dos clientes, disse Lyu.

As cold wallets da KuCoin não foram afetadas, afirmou Lyu. As carteiras de criptomoedas “frias” não estão conectadas à internet e são consideradas mais seguras do que as carteiras de criptomoedas “quentes”.

Lyu não revelou a quantidade de criptomoedas que foi roubada, mas disse que a KuCoin iria divulgar o endereço da carteira do hacker e uma lista de fundos roubados.

Duas carteiras Ethereum pertencentes à KuCoin enviaram mais de 11.000 ETH, que atualmente são negociadas a um preço de cerca de US$ 350, para um endereço de carteira desconhecido, de acordo com dados do explorador de blockchain Etherscan.

O endereço de carteira desconhecido também recebeu mais de 150 tokens baseados em Ethereum no valor de mais de $ 150 milhões, mostram as informações de endereço da Etherscan.

Mais de 200 ativos de criptomoedas são negociados na KuCoin com um volume médio diário combinado de cerca de US$ 100 milhões, de acordo com o site de dados cripto CoinGecko.

O preço do token da exchange KuCoin, KCS, caiu 14%, para US$ 0,86, em uma hora no sábado, com a notícia da quebra de segurança se espalhando nas redes sociais.

A KuCoin está investigando o hack com as autoridades internacionais e o dinheiro roubado de clientes será totalmente “coberto por um fundo de seguro”, disse Lyu.

Fonte: Nasdaq

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.