Hackers invadem sites do governo para mineração de criptomoedas na Índia

Portais utilizados pelos cidadãos indianos são infectados por hackers

De acordo com pesquisadores, hackers redirecionaram o poder de processamento de sites do governo indiano para a mineração de criptomoedas.

O acesso aos computadores das vítimas ocorre ao clicarem em links infectados. De acordo com Indrajeet Bhuyan, um dos pesquisadores por trás da descoberta, a escolha dos sites foi muito bem pensada.

Os sites do governo viraram alvos pelo alto tráfego e pela confiança que impõe na população.“, declarou.

WeBitcoin: Hackers invadem sites do governo para mineração de criptomoedas na Índia

Em síntese, não houve tentativas concretas para reverter a situação até o presente momento, de modo que os hackers continuam a mineração.

Leia mais: Conselho Supremo da Ucrânia propõe a cobrança de taxas para operações em criptomoedas

Uma tendência entre hackers

Em âmbito global, a invasão de hackers para mineração é uma tendência crescente. Recentemente foram descobertos mais de 100 sites infectados para a mineração de Monero.

Como não requer significativas habilidades técnicas, a prática é uma das mais populares para ganhar dinheiro de forma ilegal atualmente. Segundo relatórios, no mercado negro digital há kits especialmente para essa atividade vendidos a US$30.

Leia mais: Astro do League of Legends é hackeado: criptomoedas e US$200 mil foram roubados

Entretanto, de acordo com um relatório da Universidade de Tecnologia de Brunsvique, na Alemanha, a atividade não paga tanto quanto alguns podem pensar.

(…) um minerador ganha em média US$5,8 por dia em cada website, apoiando nossa observação de que a prática fornece apenas lucros limitados.

FONTE: CCN