Hold VS Trade – Quem está ganhando em 2019?

2 grandes canais de entrada no mundo das criptos: Hold e Trade

A maioria das pessoa que, hoje, entram no mercado das Criptomoedas o faz com o intuito de comprar o Bitcoin e esperar o ativo digital valorizar , visto as grandes perspectivas que o BTC traz principalmente com a Blockchain e a escassez. Esse é o hold, apelidado de Hodl – compra e segura – porque a moeda digital possivelmente vai valorizar.

Outra forma é a especulação direta no mercado, o famoso Trade: comprar na baixa e vender na alta, na mesma corretora; lembrando que o trade permite, ainda, as operações em short (apostar na desvalorização) onde você primeiro vende na alta e compra mais barato.
Essas operações são bastante comuns no mercado tradicional na Bolsa de Valores e até no Forex.

Uma informação rápida sobre o Hold de Bitcoin

Quem comprou BTC em abril de 2015, há apenas 4 anos atrás, pagou em torno de $240 por 1 bitcoin. Se considerarmos o valor atual:

Quem comprou Bitcoin em abril de 2015 e fez o hold até agora, hoje teria uma valorização de 2358% !

O Bitcoin, nesse momento, está em torno de $5900 e aí temos uma valorização de mais que dois mil e trezentos por cento.
Em números,
Quem tinha R$10mil e investiu em 2015 comprando BTC a $240, hoje teria em torno de $235.833,00 – bom né?

Há ainda, diversas outras formas de investir em criptoativos. Nesse artigo vamos focar nessas duas: Hold e Trade

Quem ganha em 2019?

Hold em um Portfólio de Criptomoedas

Para esclarecer este título, preciso explicar o Hold um pouco mais elaborado, mas simples também.

No começo falamos na compra do Bitcoin e no Hold(segurar) para esperar a valorização em médio/longo prazo. Agora, além do Bitcoin vamos incluir outras criptomoedas e criar um portfólio com, pelo menos, 20 delas – essa é uma forma mais segura de fazer um hold através da análise fundamentalista de vários ativos – é o lance de não colocar todos os ovos na mesma cesta – dentro do Hold.

Qual a lógica de dividir?
Porque se uma , ou algumas caírem mas as outras subirem, somando as evoluções percentuais, no geral, ainda se tem um ganho.

Nessa proposta,
A Webitcoin, fez uma análise de mais que 50 moedas e escolheu, no começo do ano de 2019, 20 delas para integrarem o seu portfólio.

webitcoin Portfolio 2019 Hold e Trade

Aqui está um relatório atualizado dia 08/05/2019 para o Portfólio escolhido.

Vale ressaltar que além de escolher os criptoativos, nós também fizemos uma média ponderada para, das 20, escolher as 3 melhores classificadas na análise com peso 3, depois as 5 melhores na classificação com peso 2 e todas as 12 demais com peso 1.

Um dado interessante é que o Bitcoin sozinho valorizou cerca de +57,60%. Ou seja, se o holder tivesse só no Bitcoin, teria ganhado mais. Porém o portfólio é uma ótima medida de segurança para o caso de desvalorização.

Veja que, no ano, este portfólio com essas criptomoedas teve uma evolução geral de +44,23%.

Se o Holder tivesse investido só na BNB (Binance Coin) teria ganhado +236,83%.

E o Trade em 2019?

Para fazer um comparativo com dados transparentes das operações, optamos por escolher o Trade que fazemos Ao Vivo em nossas Lives de segunda e sexta as 8h, pois neste todos podem ver não só os resultados, mas todas as operações desde o começo.

Neste comparativo que escolhemos, o trade tem algumas desvantagens:

→ Essa estratégia de trade começou a ser feita no dia 18/03/2019.

→ As operações são feitas em apenas 1 hora de segunda a sexta

→ A estratégia utilizada está sendo operada dentro de um teste de consistência de 3 meses (ou seja, testando estratégia)

E mesmo assim, veja os resultados na imagem:

Resultado trade jab - Hold e Trade

Veja que no dia 18/03 foi feito um depósito de 0,1 BTC.

E no dia 08/05 (A Bitmex põe 1 dia a mais no relatório dela) o saldo final é de 0,1405 BTC o que representa +40,5% de evolução em relação ao saldo inicial.
Vamos as comparações.

Hold e Trade – Tira Teima

Ou melhor, vamos colocar o árbitro de vídeo em ação.

Se considerarmos os números absolutos, o Hold teve +44,23% e o Trade teve +40,5%.
Ok. nesse caso, o Hold ganha.
Mas . . .

Precisamos colocar alguns fatores aí.

→ No Hold, estamos considerando o portfólio desde o começo do ano, ou seja, desde o dia 01/01/2019 – Já no trade, essas operações destacadas começaram no dia 18/03, mais de 3 meses depois do Hold. Não tem nem 2 meses fechados de trade. (ponto pro Trade)

→ O Hold considera a evolução da moeda 24h por dia. Nesse trade, só é feita a operação de segunda a sexta e apenas 1 hora por dia. (ponto pro Trade)

→ No Hold você não faz muito esforço, só na primeira análise na hora de escolher as criptos. No trade você opera quase diariamente, tem que analisar  todos os dias e os riscos são maiores. (ponto pro Hold)

→ No Hold, se houver a desvalorização, já era! Vide o que aconteceu em 2018 onde o Bitcoin desvalorizou quase 80% e levou as altcoins junto. Já no trade, você opera para cima e para baixo, ou seja, você também pode ganhar com a desvalorização do ativo. (ponto pro Trade)

No fim das contas,
Nestas operações que destacamos, o Trade, proporcionalmente falando, leva a melhor no ano de 2019.

Vale destacar que as operações de trade aqui apresentadas são feitas na Bitmex, plataforma que trabalha com derivativos de bitcoin e só faz entrada e saída em Bitcoin, ou seja, neste caso, o trade na Bitmex é feito para aumentar a quantidade de Bitcoins, a sua banca fica em Bitcoin.
Neste caso, esse trader da Bitmex , também é um Holder do Bitcoin, visto que a moeda fica em bitcoin (não fica em dólar, tether ou real).

E aí, além dos +40,5%, o Trader (que no caso é o autor que vos fala) ainda ganhou a valorização de Bitcoin de março até hoje.

Por curiosidade, do dia 18/03 para cá, o Bitcoin valorizou cerca de +49% e esse trade na Bitmex também pegou essa valorização.

Precauções –  o risco é real!

Talvez você fique um tanto empolgado com resultados no Trade mas eles não costumam vir rápido e sem embasamento. É necessário muito estudo e mais ainda, muita prática e mesmo com todo o cuidado devemos sempre considerar os riscos da renda variável e entender que no mundo do trade, perder um dia é comum. Terão dias que você vai fechar no negativo. Conheço traders profissionais que, as vezes, fecham o mês no negativo.
A parte emocional é pré-requisito para um Trader de sucesso.

Já no Hold você já está no quadrante investidor, já não põe muito a mão na massa para operar (aqui no trade você é autônomo), mas também não se iluda pensando que é só escolher uma moeda de qualquer jeito. Tem todo um critério e dados fundamentalistas para analisar de forma séria e geralmente essa análise não é rápida e mais, você nunca tem certeza se o ativo vai mesmo valorizar a longo prazo. De toda forma, você é um investidor e não um operador.

E aí,
Hold, Trade ou os dois ?

 

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/