Hong Kong planeja proibir o comércio varejista de criptomoedas

Más notícias para o Bitcoin e as demais criptomoedas em Hong Kong

Hong Kong criptomoedas

As criptomoedas agora passarão por novas regulamentações em Hong Kong, já que sua Comissão de Valores Mobiliários (SFC) propõe proibir os investidores de varejo de negociar criptomoedas. As novas regras também visam forçar as exchanges cripto de Hong Kong a obter licenças.

Durante o evento da Hong Kong Fintech Week na terça-feira, o CEO da SFC, Ashley Alder, disse que o governo de Hong Kong estabeleceria “um novo regime de licenciamento” de acordo com sua Portaria Anti-Lavagem de Dinheiro para plataformas que comercializam “qualquer tipo de ativo criptográfico mesmo que não seja classificado como título. ”

Exatamente um ano atrás, a SFC havia lançado regulamentos para criptomoedas para optar por serem licenciadas, mas essa estrutura se aplicava a plataformas que ofereciam pelo menos uma criptomoeda legalmente considerada como título. Contudo, segundo relatos, o funcionário disse em um comunicado na terça-feira:

“… Sob o atual quadro legislativo, se um operador de plataforma está realmente determinado a operar completamente fora do radar regulatório, ele pode fazê-lo simplesmente garantindo que seus ativos cripto negociados não estejam dentro da definição legal de um título.”

Alder explicou ainda que, no momento, os regulamentos de criptomoedas de Hong Kong impõem limitações que tornam muito provável que certas plataformas operem fora do relógio regulamentar.

O governo de Hong Kong até planejou apresentar um documento de consulta para coletar opiniões sobre as novas regras de cripto propostas. Além disso, as novas regras ofereceram aos investidores uma melhor proteção ao combater a fraude e a lavagem de dinheiro, de acordo com o secretário de Serviços Financeiros e do Tesouro da cidade, Christopher Hui Ching-yu.

Ele acrescentou ainda que, de acordo com os novos regulamentos propostos, as plataformas “devem se adequar” aos requisitos de licenciamento do SFC e “devem seguir todos os regulamentos de proteção ao investidor e anti-lavagem de dinheiro”.

Entretanto, a notícia já foi muito comentada com o cofundador da Bitcoin Association de Hong Kong, Leo Weese, declarando:

“Com os rumores de que mais oficiais de exchanges de criptomoedas foram presos na China e a decisão de Hong Kong de tornar o comércio ilegal (também conhecido como licenciado), podemos declarar que a fase de lua de mel do Bitcoin acabou. Se você acha que o Bitcoin vai pegar, compre agora enquanto ainda pode.”

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.