HSBC vai ofertar cursos e jogos financeiros no metaverso Sandbox

HSBC

O HSBC com Sandbox fecham parceria para ofertar alfabetização financeira por meio de gamificação no metaverso Sandbox.

O HSBC, Banco europeu, com ativos totais de US$ 2,4 trilhões, anunciou sua intenção de comprar um terreno virtual de LAND no Sandbox por um valor não divulgado. Os novos parceiros desenvolverão oportunidades para os usuários se envolverem com entusiastas de esportes, esports e jogos, de acordo com o comunicado do The Sandbox, conforme divulgado por Cointelegraph.

O gigante bancário se concentrará em ofertas de educação financeira e “trabalhará com nossos parceiros esportivos, embaixadores da marca e Animoca Brands para co-criar experiências educacionais, inclusivas e acessíveis”, de acordo com Suresh Balaji, diretor de marketing do HSBC para a Ásia, região do Pacífico.

Essa parceria ocorre em um momento em que muitas instituições financeiras estão fechando agências físicas devido à mudança para o banco digital, que foi acelerada pela pandemia.

Segundo recém-nomeado CEO da Sandbox nos EUA, Mathieu Nouzareth, sobre sua visão de bancos no metaverso:

A alfabetização financeira é um grande obstáculo para a construção de futuros financeiros mais saudáveis ​​e equitativos. O componente de jogo do The Sandbox é ideal para envolver clientes e curiosos sobre conceitos financeiros importantes de uma maneira interessante e inovadora.

Ele acrescentou que espera se conectar com uma “geração acostumada a se envolver com todos os tipos de marcas e experiências em plataformas digitais”. E que as instituições financeiras não devem ficar para trás de outras marcas interativas e provedores de serviços que buscam inovar no metaverso.

A Animoca Brands, empresa controladora da The Sandbox, twittou que o HSBC está se juntando a mais de 200 parcerias existentes que operam no metaverso. Outras grandes marcas que trabalham com The Sandbox incluem o Warner Music Group , Adidas e Ubisoft.

O HSBC, no entanto, não é o primeiro banco a entrar no metaverso. No mês passado, o JP Morgan tornou-se oficialmente o primeiro grande banco da Decentraland , tendo aberto um lounge virtual em seu metaverso. Estima-se que o mercado global de metaversos atinja US$ 1 trilhão até 2030.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_