HTC poderá lançar 2ª geração de smartphones blockchain até o final do ano

Empresa pretende lançar nova geração de dispositivos blockchain

De acordo com Phil Chen, executivo da HTC, a empresa pretende lançar a próxima geração de smartphones baseados na tecnologia blockchain até o final de 2019. A iniciativa visa alavancar as vendas do produto ao passo que a HTC continua expandindo seu ecossistema blockchain.

A primeira geração (EXODUS) foi lançada em 2018, logo antes do lançamento do FINNEY, smartphone blockchain da Sirin Labs.

Além de possuir o gerenciamento de criptomoedas e transações da geração anterior, o novo dispositivo irá expandir seus aplicativos blockchain para incluir outras áreas, como mídia social, mensagens e navegação. Os aplicativos de comunicação serão “concluídos por meio de conexões P2P, ao invés de passar pela estrutura cloud, como feito anteriormente”, disse Chen.

De acordo com o executivo, as vendas da primeira geração de smartphones atendeu às expectativas, ao contrário do dispositivo lançado pela Sirin Labs.

Como noticiado anteriormente pelo WeBitcoin, as vendas do FINNEY não alcançaram o nível esperado pela empresa, que em uma tentativa de se manter no mercado, acabou demitindo 25% de sua equipe. A Sirin Labs também foi alvo de boatos afirmando que não pagava seus funcionários, o que foi veementemente negado.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli