Icelandverso: a resposta da Islândia ao metaverso de Zuckerberg

Apoiando a ideia está o fundador do Megaupload, Kim Dotcom, que no Twitter descreve o vídeo de Zack Mossbergson como um “troll” brilhante.

No Twitter, o famoso Kim Dotcom compartilha o vídeo de Zack Mossbergson mostrando o Icelandverse: a experiência real do “metaverso” da Islândia.

“A Islândia acabou de trollar Mark Zuckerberg e seu Metaverso da maneira mais genial. Adoro”.

“Alguns disseram que uma experiência de mundo aberto tão envolvente não era possível. Mas já está aqui. E você nem precisa de fones de ouvido idiotas de realidade virtual. Apresentando, Icelandverse”.

Uma bela provocação talvez, mas certamente muito mais real do que o metaverso do CEO da rede social deseja transmitir.

De fato, no final do mês passado, Zuckerberg anunciou que o nome de sua empresa Facebook havia mudado para Meta, justamente para sublinhar sua paixão pelo metaverso.

Na ocasião, Zuckerberg afirmou que, segundo ele, o metaverso poderia se assemelhar ao sucesso da internet móvel, que popularizou o Facebook e o Instagram, pois permitiria que as pessoas se sentissem pessoalmente com outros usuários, independentemente das distâncias físicas.

Icelandverse e Kim Dotcom.

O fundador do Megaupload, Kim Dotcom, expressou seu “apreço” pela ideia do Icelandverse.

E assim, à medida que o metaverso continua ganhando terreno até mesmo entre os projetos cripto, Dotcom ainda está do lado daqueles que argumentam que experiências imersivas no mundo real são possíveis, sem a necessidade de RV.

Dotcom também é conhecido como um influenciador do Bitcoin Cash. No Twitter, ele supostamente mostrou seu amor por BCH compartilhando um tweet com seu cachorro e explorando a “dogmania” que cripto memes, incluindo Dogecoin e Shiba Inu, há muito tempo desencadeiam.

Sua história amorosa com o Bitcoin de Roger Ver, nasceu no início de 2020 e, desde então, Dotcom sempre defendeu o BCH contra os maximalistas do Bitcoin (BTC).

O Metaverso é o protagonista do momento.

Para o bem ou para o mal, o metaverso continua sendo o protagonista do momento. Há poucos dias, os preços dos tokens do metaverso foram analisados e, em uma semana, eles relataram ganhos de três dígitos.

Sandbox (SAND), Decentraland (MANA), Loopring (LRC) e OVR viram bombas de mais de 160% em apenas sete dias.

No momento em que este artigo foi escrito, o preço do SAND está oscilando em torno de US $ 2,58, enquanto a MANA está em US $ 2,69. Esses preços permaneceram acima dos níveis do final de outubro. LRC também vale U$$ 3,12 hoje, o dobro do preço da semana passada.

OVR também está se recuperando. O token OVRLand supostamente ganhou mais de 200% em um mês.

Fonte: Cryptonomist

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8