Investimentos em blockchain e criptomoedas aumentaram quase 300% em relação ao ano passado

79% dos investimentos provém dos Estados Unidos

De acordo com a Diar, neste ano os investimentos em capital de risco em empresas de criptomoedas e blockchain triplicou em relação aos 3 primeiros semestres de 2017.

Segundo relatos, empresas relacionadas à criptoativos e blockchain captaram US$3,9 bilhões desde o início do ano.

Essa quantia representa um aumento de 280% em relação ao mesmo período no ano passado.

Aparentemente, as empresas de capital de risco tradicionais mais envolvidas com a tecnologia são a Danhua CapitalAndreessen Horowitz e a Future Perfect Ventures.

Dentre os entusiastas, se destacam Tim Draper, Roger Ver, Naval Ravikant e Barry Silbert.

Leia mais: Economista americano diz que criptomoedas são tão centralizadas quanto a Coreia do Norte

De acordo com pesquisas, os 50 apoiadores mais ativos atualmente contribuíram para pelo menos 8 empresas baseadas em blockchain.

Neste ano o número de contratos e negociações dobrou, assim como os fundos e financiamentos.

Entre os 10 maiores negócios de criptografia deste ano, 9 apresentaram investimentos de capital próprio em ações.

O Dfinity foi o único que chegou a apresentar um token de utilidade nativo.

De acordo com dados levantados, os EUA apresentam 79% dos investimentos atualmente. O restante é representado pela China (12%), Singapura e Coréa do Sul (ambas 2%), entre outros.

Leia mais: Análise Bitcoin – Chegando a um novo ponto de Decisão. Para onde vai?

FONTE: CRYPTOSLATE