Irã finaliza desenvolvimento de sua criptomoeda estatal

A moeda deverá passar por testes bancários

O Irã recentemente finalizou o desenvolvimento de sua criptomoena nacional, apoiada por sua moeda fiat, o rial.

De acordo com a mídia local, assim que aprovada pelo Banco Central do Irã (CBI), a moeda será emitida para testes em pagamentos e liquidações em instituições bancárias.

A Seyed Aboutaleb Najafi, companhia provedora de serviços bancários, foi contratada pelo CBI para desenvolver a criptomoeda visando promover a expansão dos serviços do sistema bancário e contornar sanções econômicas americanas.

De acordo com a empresa, a moeda ainda está em fase piloto.

“Após a aprovação do Banco Central, a moeda será utilizada no sistema bancário nacional (…). Durante a primeira fase a infraestrutura blockchain será implementada aos bancos iranianos para a utilização como pagamento em token”, acrescentou.

No início deste mês, os Estados Unidos anunciaram severas sanções econômicas ao Irã. Aparentemente, o país só poderá ter acesso ao mercado de petróleo, navegação e gás de 8 países.

Diversas medidas contra o sistema financeiro já prejudicam acordos internacionais. Recentemente, a rede bancária norte-americana Swift fechou as portas ao Banco Central do irã, deixando o país no “limbo”.

No mercado das criptomoedas, as exchanges Binance e Bittrex excluíram o Irã da lista de países suportados para o recebimento de serviços.

O contexto torna curiosa a decisão de criar uma criptomoeda estatal apoiada em uma moeda fiat de alta volatilidade e rápida perda de valor.

FONTE: BITCOIN.COM

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli