Bilionário Jeffrey Gundlach acredita que o Bitcoin pode cair para US$ 10 mil

Bilionário Jeffrey Gundlach acredita que o Bitcoin pode cair para US$ 10 mil
Imagem: coinquora

Jeffrey Gundlach não está otimista com o Bitcoin, dizendo que seu preço pode cair para US$ 10.000.

O empresário estadunidense e fundador da DoubleLine Capital LP – Jeffrey Gundlach – disse que a condição atual do mercado de criptomoedas “claramente não é positiva”. Mantendo essa tendência negativa em mente, ele acredita que o preço do Bitcoin pode cair para US$ 10.000. A informação foi publicada originalmente pelo site CryptoPotato.

BTC em $ 10K não seria uma surpresa

Em uma entrevista recente para a CNBC, o bilionário americano conhecido como “Bond-King” – Jeffrey Gundlach – delineou uma previsão de baixa para a avaliação futura do Bitcoin. Segundo ele, a queda recente da principal criptomoeda vem acontecendo em um ritmo acelerado, e essa tendência pode impulsionar um declínio ainda maior para US$ 10.000:

“Parece que está sendo liquidado, então não estou otimista em US$ 20.000 ou US$ 21.000 em Bitcoin, não ficaria surpreso se chegasse a US$ 10.000.”

O mercado de ativos digitais, semelhante a muitos mercados financeiros tradicionais, caiu na semana passada. O Bitcoin, por exemplo, atualmente gira em torno de US$ 21.000, sendo negociado longe de seus níveis no início de 2022 e de sua alta histórica (quase US$ 70.000) registrada em novembro do ano passado.

Em janeiro de 2021, Gundlach alertou que o BTC poderia representar uma bolha enorme por causa de suas significativas oscilações de preço. Naquela época, o ativo estava sendo negociado a US$ 42.000, mas caiu quase US$ 12 mil em questão de 24 horas:

“Eu não gosto de Bitcoin aqui. Eu não gosto de coisas que estão em cima de uma palafita assim. O Bitcoin, para mim, agora está meio que em território de bolha em termos da maneira como está agindo.”

Nos meses seguintes, a criptomoeda superou seus problemas e seguiu para o norte mais uma vez, atingindo quase US$ 50 mil. Curiosamente, isso levou a uma mudança de opinião de Gundlach, que classificou o BTC como um “ativo de estímulo” e um instrumento de investimento melhor que o ouro.

Gundlach
Jeffrey Gundlach, Fonte: Bloomberg

Brandt e Hayes também colocam uma meta de baixa

No início desta semana, o popular comentarista de criptomoedas e um veterano trader de derivativos – Peter Brandt – compartilhou uma previsão semelhante para a futura valorização do Bitcoin em dólares. Com base em um padrão de topo duplo, ele estimou que o ativo poderia cair para US$ 13.000.

img1 peterbrandt chart
Fonte: Twitter

O ex-CEO da BitMEX – Arthur Hayes – disse que o Bitcoin está formando uma base de US$ 20.000. Em sua opinião, manter esse nível é vital, pois cair abaixo pode desencadear uma pressão de venda significativa e um novo colapso do preço:

“No que diz respeito aos gráficos, é melhor você pegar seu livro de orações do Senhor Satoshi e esperar que o senhor mostre bondade na alma dos mercados de criptomoedas. Porque se esses níveis quebrarem, você também pode desligar seu computador porque seus gráficos serão inúteis por um tempo.”

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.