John McAfee oferece auxílio a Cuba sobre os planos com criptomoedas

McAfee quer ajudar Cuba a contornar sanções americanas

Como noticiado anteriormente pelo WeBitcoin, o Ministro da Economia de Cuba comentou a possibilidade do uso de criptomoedas para tentar superar a crise econômica local.

Ouvindo sobre o assunto e aproveitando sua presença no país, o programador John McAfee ofereceu ajuda às autoridades locais, citando que este seria um caso de aplicação em grande escala para as criptomoedas.

https://twitter.com/officialmcafee/status/1146497376330420224

Cuba está planejando utilizar criptomoedas para contornar os 63 anos de estrangulação econômica imposta  a 14 milhões de cubanos pela insanidade do governo americano. Finalmente, um aplicação em grande escala e no mundo real para as criptomoedas. Caso Cuba queira minha ajuda, eu estou aqui.

McAfee já havia declarado anteriormente que criptomoedas são o “instrumento da liberdade”, termo que tem se encaixado, visto que alguns países aparentemente utilizam o setor para contornar as sanções americanas.

Fugindo das autoridades dos EUA, o programador atualmente realiza sua campanha presidencial de Cuba. Anteriormente o WeBitcoin noticiou que a tensão entre McAfee e o governo americano só aumenta, visto que o bilionário se diz constantemente perseguido, alegando ainda que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos vem compilando um falso processo contra ele, com acusações por lavagem de dinheiro, extorsão e assassinato.

Em resposta, McAfee afirma que caso seja preso ou desapareça, “mais de 31 terabytes de dados incriminadores” sobre o governo serão liberados para a imprensa.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli