John McAfee revela sua opinião sobre o Ethereum e subentende não gostar do Bitcoin

McAfee mostra sua verdadeira opinião sobre as maiores criptomoedas do mercado

O grande programador John McAfee, famoso no mercado de criptomoedas por suas previsões pretensiosas em relação ao valor do Bitcoin, recentemente realizou um comentário um tanto interessante sobre o Ethereum em seu perfil no Twitter.

Conhecido por ser extrovertido e debochado, McAfee afirma que não é muito fã da moeda, apresentando como justificativa uma série de observações inusitadas, como o fato de Vitalik Buterin, fundador do ativo, lhe parecer “desnutrido”.

“O pessoal está perguntando a minha opinião sobre o Ethereum: Bem… Francamente, eu prefiro moedas de uma sílaba e não sou muito fã da soletração do Ethereum. Ademais, muitos dos meus amigos que possuem Ethereum se vestem de um modo estranho. E claro, Buterin parece desnutrido para mim.”

Ele acrescenta ainda que não está oferecendo conselhos de investimento.

Nos comentários, McAfee é questionado sobre o fato do Bitcoin não possuir apenas uma sílaba e ser a maior criptomoeda do mercado. Em resposta, o programador disse que nunca afirmou gostar da moeda.

“Eu disse que gosto? Apenas prevejo sua ascensão. O nome em si conota “Pequena Moeda”. Meus amigos possuem moedas de sonoridade, ou moedas adoráveis como “Doge”. Eu poderia encurtar e dizer “BTC”, mas então seriam três sílabas e iriam demonstrar minha ignorância.”

A fala parece um tanto contraditória, visto que McAfee se envolve ativamente com o ativo, e recentemente anunciou o lançamento de um cartão de Bitcoin em parceria com a Visa.

Anteriormente o programador declarou que é “matematicamente impossível” que o Bitcoin não atinja o valor de US$1 milhão até o final de 2020. De acordo com ele, a maioria das previsões realizadas por analistas estão erradas, visto que tratam o ativo como se fosse uma ação.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli