Ledger e Nomura lançam serviço de custódia de Bitcoin de nível institucional

Um grande banco de investimento lançou um serviço de custódia de Bitcoin e criptomoedas para investidores institucionais

O banco de investimento global Nomura, a empresa de carteiras de hardware Ledger e o fundo de investimento em criptomoedas CoinShares lançaram hoje um serviço de custódia de Bitcoin e criptomoedas há muito aguardado, chamado Komainu.

Anunciado pela primeira vez em maio de 2018, o Komainu atenderá investidores institucionais e apoiará uma variedade de criptomoedas. É regulamentado pela Comissão de Serviços Financeiros de Jersey.

Komainu é liderado por Jean-Marie Mognetti, co-fundador e CEO da CoinShares. Andrew Morfill deixou seu cargo no Santander, onde comandava sua unidade de defesa cibernética, para ingressar na Komainu como Chefe de Operações.

Mognetti disse em comunicado que: “O que essa parceria destacou é a necessidade de provedores de serviços confiáveis ​​e sólidos para apoiar os participantes do setor. A Komainu preenche a lacuna, trazendo experiência e recursos financeiros para os clientes institucionais sentirem-se confiantes de que seus ativos estão em boas mãos. ”

Mognetti disse à Reuters que a plataforma foi testada com um pequeno número de clientes por quatro a cinco meses. A vantagem da Komainu sobre outros sistemas é, afirma, que podee ser integrada aos sistemas de tecnologia de grandes instituições financeiras.

O CEO da Ledger, Pascal Gauthier, afirmou em comunicado que “as instituições buscam conformidade e segurança no que diz respeito à custódia de ativos digitais”. Ele acrescentou que, sem a segurança adequada, “os ativos digitais das instituições são armados contra eles”.

Nomura é a mais recente instituição financeira de grande porte a oferecer serviços de custódia. A Fidelity também oferece um custodiante, assim como a Bakkt, de propriedade da Intercontinental Exchange, que também administra a Bolsa de Valores de Nova York.

A Nomura lançou em janeiro uma referência cripto de ativos para investidores japoneses. Chamado de NRI / IU Crypto-Asset Index, o benchmark rastreia as principais criptomoedas, entre elas Bitcoin e Ethereum. A Nomura também está no conselho de administração da rede blockchain Hedera Hashgraph, onde domina a rede ao lado do Google e da Deutsche Telekom.

Os investidores institucionais, ao que parece, estão aqui para ficar.

Fonte: Decrypt

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.