Lenda do boxe mundial pretende lançar criptomoeda até o final do ano

Plataforma utilizará a popularidade do boxeador para promover o ativo

De acordo com a mídia, a criptomoeda de Manny Pacquiao, boxeador e político filipino, pode ser lançada até o final deste ano.

Aparentemente, a encarregada do lançamento da Pac Tokens é a Global Crypto Offering Exchange (GCOX), empresa sediada em Singapura.

Segundo o diretor de comunicações da GCOX, Evan Ngow, o único atraso verificado até o momento é com a Philippine Securities and Exchange Commission, que ainda não finalizou a regulamentação de ICO’s.

De acordo com Ngow, antes do final do ano os regulamentos devem estar prontos.

Leia mais: Túnel do Tempo: quando a Dogecoin fez um bem olímpico

A empresa pretende utilizar a popularidade do lutador filipino para promover a criptomoeda.

Manny Pacquiao foi campeão mundial em 8 divisões, e atualmente é embaixador da plataforma blockchain tGCO, que permite que celebridades criem criptoativos à serem utilizados pelos fãs para pagar o acesso ao conteúdo vinculado à elas, vendido através da GCOX.

A plataforma visa estabelecer um “índice de popularidade autoritário”, que funcionará como uma “indicação objetiva” da popularidade das celebridades por meio de fichas de avaliação.

De acordo com recentes relatos, a GCOX também planeja criar uma criptomoeda para o famoso cantor americano Jason Derullo, assim como para Michael Owen, lenda do futebol inglês.

Leia mais: Análise: o futebol moderno e a adoção de criptomoedas

FONTE: CCN