Libra pode causar mais estrago que o ataque às Torres Gêmeas, afirma congressista

Libra é comparada a um dos maiores desastres dos Estados Unidos

Durante uma sessão com o Comitê de Serviços Financeiros, o democrata Brad Sherman realizou um comentário inusitado em relação à Libra, criptomoeda do Facebook que será lançada no próximo ano.

De acordo com Sherman, o novo ativo será tão prejudicial para os Estados Unidos quanto o ataque às Torres Gêmeas, evento que até hoje é lembrado como uma das maiores tragédias da história americana.

Nas palavras de Sherman, a ideia do ataque foi a coisa mais “inovadora” que aconteceu neste século, comentário que sucedeu a frase “a inovação é sempre boa”. Em seguida o democrata declarou que a Libra pode causar tanto estrago quanto o incidente.

Com uma aversão declarada às criptomoedas, anteriormente Sherman “convidou” os membros da Câmara dos Representantes para aprovar uma nova lei que pretende proibir a compra, detenção e uso de criptomoedas por americanos.

De acordo com Sherman, a medida é necessária porque supostamente o objetivo dos usuários das criptomoedas é retirar o poder que o país exerce por meio do dólar, que por ser uma moeda padrão utilizada mundialmente, confere muita influência internacional aos Estados Unidos.

Desta forma, o uso de criptoativos compromete o poder que o país exerce sobre outras nações, se tornando algo a ser temido pelo sistema tradicional.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli