Líder da Unick Forex pode fazer delação premiada para revelar esquema

Um dos líderes da Unick Forex pode fazer delação premiada por revelar como funcionava o esquema

Preso na Operação Lamanai da Polícia Federal, um dos líderes da Unick Forex, está disposto a colaborar com as investigações e fazer uma delação premiada sobre como funcionava todo o esquema. 

Conforme reportagem do Cointelegraph, a delação está sendo negociada com o Ministério Público Federal e pretende revelar onde está o valor de R$28 bilhões arrecadados pela empresa. 

A identidade do delator não foi revelada, entretanto, ele pretende denunciar pessoas que não foram citadas no processo que também estariam envolvidas no esquema. 

As investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, estão revelando como funcionava toda a empresa e como agiam os líderes. 

De acordo com a reportagem do Livecoins, a Justiça Federal declarou que os clientes da Unick não são vítimas do golpe da empresa, mas sim o Sistema Financeiro Nacional (SFN). 

A Unick Forex capitava clientes mesmo sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), desde 2018, a empresa está proibida de oferecer investimentos no mercado financeiro. 

A empresa prometia rendimentos de até 4% ao dia, em março de 2019 a empresa entrou em manutenção alegando melhorias, pois o sistema da empresa “estava sendo de hackeado”, desde então a plataforma bloqueou os saques dos clientes. 

Os investidores da Unick estão buscando alternativa na justiça para ter seus investimentos de volta, segundo o Livecoins, a Associação Indeal está movendo os processos contra a Unick, sendo mais de 15 mil clientes interessados na causa. 

Imagem Ajel por Pixabay.

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao