Lucros obtidos ao redor do mundo no mercado de criptomoedas em 2021

Contra Capa 56

Pesquisa revela que trades de criptomoedas tiveram lucros US$ 162,7 bilhões em todo o mundo em 2021

A empresa de análise de blockchain, Chainalysis, divulgou um relatório sobre ganhos de criptomoeda por país referente ao ano de 2021, e os investidores nos EUA estão no topo da lista.

Em um ano que foi muito mais produtivo do que o anterior, os investidores em todo o mundo tiveram um ganho total de US$ 162,7 bilhões, com os norte-americanos representando cerca de US$ 47 bilhões.

Investidores nos EUA veem maiores ganhos

As margens entre os EUA e outros países são bastante amplas, o Reino Unido ocupa o segundo lugar da lista, com US$ 8,8 bilhões em ganhos. A Alemanha ocupa o terceiro lugar com ganhos de US$ 5,8 bilhões. Japão e China também registraram ganhos de criptomoedas acima de US$ 5 bilhões e o Brasil vem na 15º posição com ganhos de US$ 2.5 bilhões.

Investidores
Fonte: Chainalysis

No entanto, alguns países parecem ter um desempenho melhor em termos de investimentos em criptomoedas quando comparados com seus rankings usando métricas tradicionais.

Por exemplo, a Turquia ficou em 6º lugar com US$ 4,6 bilhões em ganhos, embora seja o 11º em termos de PIB no valor de US$ 2,7 trilhões. Enquanto isso, com um PIB na 25ª posição no valor de US$ 1,1 trilhão, o Vietnã ficou em 16º lugar em ganhos de criptomoeda, o Brasil obteve um PIB de US$ 1,6 trilhões e ocupa a 15º posição no ranking com ganhos de US$ 2,5 bilhões.

Países com desempenho semelhante incluem a República Tcheca, Ucrânia e Venezuela. A tendência mostra a rápida adoção de criptomoedas em mercados emergentes como resposta à desvalorização das moedas fiduciárias.

Em 2020, a China teve ganhos de US$ 1,7 bilhão, enquanto seus ganhos em criptomoedas foram de US$ 5,1 bilhões em 2021. Em comparação com o crescimento que outros países viram durante o mesmo período, a China parece estar atrasada.

O desempenho da China mostra uma taxa de crescimento ano a ano de 194%. Isso é baixo em comparação com os EUA em 476%, a Alemanha em 423% e o Reino Unido em 431%. Mas a taxa de crescimento da China não é surpreendente, dada a repressão às atividades relacionadas a criptomoedas no país.

Outros países que entraram na lista dos 50 maiores ganhadores incluem Índia, Brasil, Holanda, África do Sul, Emirados Árabes Unidos e Suíça.

Ethereum é a criptomoeda com mais investimentos

Também é digno de nota que o Ethereum obteve o maior ganho de todos os criptoativos com US$ 76,3 bilhões, superando o Bitcoin com US$ 74,7 bilhões. De acordo com a Chainalysis, isso provavelmente se deve à maior demanda por Ethereum em meio ao aumento do DeFi em 2021.

Ganhos Investidores
Fonte: Chainalysis

No entanto, nem todos os países registraram mais ganhos de Ethereum nas negociações. O Japão, por exemplo, teve ganhos de US$ 4 bilhões em Bitcoin contra os lucros de US$ 790 milhões registrados no Ethereum.

O relatório Chainalysis concluiu que, embora

Ainda existem riscos que a indústria deve trabalhar para mitigar, os dados não apenas mostram que os preços dos ativos de criptomoeda estão crescendo, mas também indicam que a criptomoeda continua sendo uma fonte de oportunidades econômicas para usuários em mercados emergentes.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_