Lugano, Suíça pretende tornar o Bitcoin como moeda legal

Lugano
A cidade de Lugano, na Suíça, tornará o Bitcoin moeda de curso legal.

Lugano quer que empresas e entusiastas das criptomoedas e Blockchain se mudem para o local

A cidade de Lugano, na Suíça, tornará o Bitcoin moeda de curso legal e permitirá que os cidadãos paguem taxas de serviço público ou impostos em Bitcoin, anunciou o diretor da cidade Pietro Poretti em um evento transmitido ao vivo na quinta-feira ao lado do prefeito Michele Foletti e do CTO de Tether Paolo Ardoino. A cidade já trabalhou com mais de 200 comerciantes para impulsionar a adoção de pagamentos Bitcoin e Lightning.

Conforme disse Ardoino, referindo-se ao “Plano B”:

Esta é provavelmente a coisa mais importante deste projeto, uma iniciativa da cidade que está sendo esboçada e trabalhada em colaboração com a Tether para atrair riqueza, mentes inteligentes e oportunidades. A stablecoin USDT da Tether também se tornará uma moeda legal na cidade.

O Plano B envolve a criação de um local físico no coração da cidade para funcionar como um hub para startups de Bitcoin e Blockchain interessadas em tornar a cidade sua nova casa, bem como o local para eventos de networking e hospedagem de encontros de Bitcoin e oficinas.

De acordo com Ardoino:

O PIB de El Salvador aumentou 10% e seu turismo 30% depois de declarar o Bitcoin como moeda legal, imagine o que podemos fazer em uma cidade no centro da Europa.

Poretti disse que a cidade “rolaria o tapete vermelho” para empresas e entusiastas do Bitcoin, acolhendo visitantes e prospectos de realocadores com um ambiente favorável aos negócios, com burocracia minimizada e as condições ideais para uma empresa prosperar.

O Plano B prevê ainda a criação de dois fundos de investimento. O primeiro alocará até US$ 3,26 milhões para promover a adoção de Bitcoin, USDT e LVGA, a stablecoin da cidade no valor de um centésimo de um franco suíço, que também terá curso legal em Lugano. O segundo representa a formação de um pool de fundos de até US$ 108,6 milhões para startups de Bitcoin e Blockchain que desejam se mudar e estabelecer sua sede na cidade, além de trazer pessoal para a cidade suíça.

Outro aspecto do Plano B de Lugano envolve uma relação próxima com a academia. Ela planeja criar um currículo especializado em Bitcoin e Lightning em parceria com universidades locais para aumentar as habilidades de jovens estudantes nessas novas tecnologias. Os esforços de educação em Bitcoin e Blockchain também incluirão a criação de 500 bolsas estudantis para criar uma força de trabalho habilidosa e especializada.

No final de outubro, a cidade de Lugano sediará o Bitcoin World Forum, um evento global focado na aceleração da adoção do Bitcoin e na defesa da liberdade de expressão, anunciaram Ardoino e Poretti no evento.

Os palestrantes também anunciaram a intenção de que Lugano comece a minerar Bitcoin, pois a Plan B pesquisa estratégias que a cidade poderia alavancar para empregar fontes de energia renovável para produzir Bitcoin.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_