Luna Fundation gastou quase todos Bitcoins para salvar UST e diz que vai recompensar usuários

Luna

Luna gastou quase todos os Bitcoins mantidos em reserva para proteger o peg do UST quando o colapso começou

A Luna Foundation Guard (LFG), a entidade cuja tarefa era manter a estabilidade do peg terraUSD (UST), disse que gastou quase todo o seu Bitcoin mantido em reserva para defender o peg do dólar da UST quando entrou em colapso. Mas pelo que resta, os usuários da stablecoin falida serão compensados, conforme dito pela LFG, conforme divulgado por CryptoNews

Os usuários da UST serão compensados, começando com os “pequenos detentores”, escreveu o LFG em um tópico no Twitter nesta segunda-feira (16), acrescentando que o método de distribuição específico a ser usado ainda está sendo debatido.

A promessa veio em um tópico onde o LFG também compartilhou mais detalhes do que resta agora de suas reservas. As reservas incluíam 313 Bitcoins (US$ 9,26 milhões) e BNB 39.914 (US$ 11,74 milhões), valores aproximados.

Além disso, vem uma participação maior de UST, que ainda tem um valor de mercado de mais de US$ 180 milhões com base em um preço (otimista) de US$ 0,10 para cada UST.

Todos os outros ativos, no total, cerca de US$ 4 bilhões em ativos digitais que o LFG relatou possuir antes do colapso do UST, foram gastos em um esforço para defender o peg do UST, disse o LFG.

No entanto, nenhuma evidência concreta de que os mais de US$ 3 bilhões foram realmente gastos na defesa do peg até agora foi produzida pelo LFG:

https://twitter.com/lawmaster/status/1526133506807668738?s=20&t=-iGaZOUqWpwYP3Vc7s1U_Q

Ainda assim, com apenas BTC 313 agora supostamente remanescente da pilha de Bitcoins massiva dA LFG, os traders esperam que a pior pressão de venda já possa ter acabado para a criptomoeda número um.

O Bitcoin ausente das reservas tem sido uma fonte de especulação significativa nos últimos dias, com, por exemplo, a empresa de análise de blockchain Elliptic investigando o caso neste fim de semana.

Na época, a conclusão da empresa foi que as reservas de Bitcoin do LFG haviam sido transferidas para as exchanges de criptomoedas e, acrescentando que “não está claro se elas foram vendidas, transferidas para outras carteiras ou permanecem lá”.

O fundador do Terra (LUNA), Do Kwon, também afirmou anteriormente que nem ele nem qualquer outra instituição à qual ele é afiliado lucraram com o incidente de forma alguma.

Conforme escreveu Kwon em um tweet no sábado (14):

“Não vendi LUNA nem UST durante a crise, estava trabalhando para documentar o uso das reservas de LFG Bitcoin durante o evento de despegagem”.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_