Mais de 85% do Bitcoin em circulação não se moveu em três meses ou mais

Embora o BTC tenha quase dobrado seu valor em dólares em três meses, os detentores se recusam a vender suas moedas, mostram os dados da Glassnode.

A recente alta de preço do bitcoin não impediu os detentores de longo prazo de ficar com suas porções. Dados recentes da Glassnode informam que o percentual de fornecimento de BTC retido há pelo menos três meses atingiu um recorde de mais de 85%.

Detentores de BTC se recusam a vender

Citando dados da empresa de análise de blockchain Glassnode, o jornalista chinês Colin Wu descreveu o comportamento dos detentores de bitcoins e sua atitude mais recente em relação ao ativo.

Como mostra o gráfico a seguir, o percentual de detentores que não movimentam seus bitcoins há mais de dez anos é de 12,3%. Esses tokens são considerados inativos por causa disso.

Da mesma forma, aqueles que não transferiram nenhuma participação do BTC entre dois e três anos e três e cinco anos são 10% e 12,26%, respectivamente.

Curiosamente, a maior porcentagem de investidores que se recusaram a mover suas moedas vem daqueles que as mantiveram por seis a doze meses – 19,5%. No final das contas, 85,14% dos bitcoins não mudaram de mãos por pelo menos três meses, o que é um novo recorde.

Comportamento dos titulares de Bitcoin. Fonte: Glassnode

Isso ocorre apesar da valorização do preço do BTC neste período. Cerca de três meses atrás, o bitcoin lutava por US $ 30.000 ou menos. Quase dobrou seu valor desde então, mas parece que os investidores esperam ainda mais aumentos e se recusam a se desfazer de suas participações ainda.

Titulares de longo prazo também aumentam.

O CryptoPotato relatou recentemente que o choque de oferta de detentores de longo prazo atingiu novos máximos, confirmando a narrativa de que esses investidores não querem vender suas participações no BTC.

Parece que essa tendência só se intensificou. Outros dados da Glassnode mostram que o Long-Term Holders Supply continua a aumentar em velocidades recordes – entre 13x e 15x da nova emissão de bitcoin.

O que significa que esses investidores estão “acumulando sats 13x mais rápido do que moedas novas sendo cunhadas pelos mineradores”, concluiu a empresa de análise.

Comportamento dos detentores de longo prazo. Fonte: Glassnode

“Nos últimos 7 meses, o comportamento de HODLing dominou e mais de 2,37 milhões de BTC migraram para o limite de titular de curto a longo prazo (~ 155 dias). Para colocar isso em contexto, apenas 186K BTC foram recentemente extraídos no mesmo período. ” – lê a análise mais recente da empresa .

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8