McDonald’s quer marcar seu espaço no Metaverso

O McDonald’s quer seu próprio espaço no Metaverso. A gigante do fast food registrou dez novos pedidos de marca.

Metaverso
O McDonald’s quer seu próprio espaço no Metaverso.

A intenção do McDonald’s é construir um “restaurante virtual com produtos reais e virtuais”, conforme anunciado via Twitter por Josh Gerben, advogado de marcas.

Os documentos apresentados pelo McDonald’s se referiam, entre outras coisas, ao registro de marca para “Operação de restaurante virtual com produtos reais e virtuais” e “Operação de restaurante virtual online com entrega em domicílio”.

Panera Bread também entra no metaverso

A Panera Bread, outra grande rede de fast food americana com mais de 2.000 padarias nos Estados Unidos e Canadá e que planeja listar-se até o primeiro semestre de 2022, também registrou marcas para abertura de restaurantes virtuais e serviços no metaverso, um dia antes do McDonald’s.

Para ser mais preciso, de acordo com os rumores iniciais, a Panera Bread possui marcas registradas relacionadas ao mundo dos tokens não fungíveis (NFTs) para facilitar as transações comerciais de alimentos e bebidas virtuais, bem como programas de computador para acessar esses tokens no metaverso. Sob a marca “Paneraverse”, o restaurante pretende também criar restaurantes virtuais e funcionalidades de delivery.

Metaverso-mania

As duas redes de fast food estão seguindo os passos de muitas outras grandes empresas, como Nike, Ferrari, Walmart, Nvidia, Adidas, Epic Games, Microsoft e Apple, além do grande plano do Facebook de usar o Metaverso para sua futura rede social o negócio.

Conforme Gerben disse à Forbes.

Quando você vê grandes empresas fazendo tantos novos registros de marcas, fica muito claro que isso está chegando.

Gerben continuou apontando quantas empresas que ainda não entraram no Metaverso estão ansiosas por isso para não correr o risco de ficar de fora de um negócio potencialmente grande.

Acrescentou Gerben:

Acho que você verá todas as marcas em que puder pensar fazendo esses registros nos próximos 12 meses. Acho que ninguém quer ser o próximo Blockbuster e simplesmente ignorar completamente uma nova tecnologia que está por vir.

Sobre os projetos de Panera e McDonald’s

George Hanson, diretor digital da Panera, explicou à Forbes:

A Panera está sempre trabalhando para estar na vanguarda do avanço tecnológico. Como marca, estamos constantemente à procura de novas formas de melhorar a experiência dos nossos hóspedes, tanto nos nossos cafés como no Metaverso.

O McDonald’s, por outro lado, não quis dar declarações oficiais sobre a novidade neste momento, mas o certo é que a empresa colaborou há um mês com Humberto Leon, cofundador da marca de moda Opening Ceremony, para criar uma coleção do zodíaco no Metaverso para celebrar o ano do tigre no calendário chinês.

Estamos honrados em celebrar este Ano Novo Lunar através de suas expressões artísticas e esperamos que nossos fãs aproveitem essa experiência muito legal e comemorativa conosco.

Isso foi dito há vinte dias por Elizabeth Campbell, Diretora Sênior de Engajamento Cultural do McDonald’s.

De acordo com o advogado de marcas, a aprovação de patentes registradas pelo McDonald’s costuma levar de oito a nove meses, mas não deve haver problemas em obter uma licença ainda antes.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_