Menino de 8 anos é sequestrado na Índia e criminosos demandam resgate em Bitcoin

Sequestro visava pagamento de resgate em Bitcoin por parte dos pais do garoto

Um menino de oito anos que foi sequestrado em Ujire, no distrito de Dakshina Kannada, na Índia, teve um pedido de resgate em Bitcoin feito pelos criminosos. Felizmente o garoto foi resgatado em Kolar no sábado. Os acusados ​​são Ranjith, operador de entrada de dados em uma empresa de software, Hanumatu e Gangadhar, ambos motoristas de táxi, Kamal, mecânico, Manjunath, alfaiate, e Mahesh, pintor.

Eles estão na faixa etária de 21-26 anos e vêm de Mandya, Mysuru, Bengaluru e Kolar. A busca segue por mais alguns envolvidos, incluindo o cérebro por trás do rapto. O menino e seu avô AK Sivan estavam passeando perto de sua casa na noite de quinta-feira quando quatro pessoas entraram em um carro e sequestraram o menino. Posteriormente, os sequestradores ligaram para o pai do menino exigindo um resgate de 100 Bitcoins (BTC), no valor de cerca de US$ 2.300.000.

Canais de notícias locais disseram que o principal acusado, cuja identidade não foi divulgada, conhecia o pai do menino, Bijoy – que dirige uma loja de ferragens – e eles estavam no mesmo negócio até três anos atrás. Ele estava ciente de que Bijoy estava negociando com Bitcoins e, portanto, exigiu o resgate em criptomoedas pensando em dificultar o rastreio. O principal acusado contratou quatro pessoas para o trabalho e prometeu pagar a elas perto da metade do valor do resgate.

A polícia disse que conseguiu prender o acusado depois de lançar a investigação de vários ângulos, incluindo encontrar quem sabia que Bijoy era um negociante de Bitcoin. Os sequestradores chegaram a Kolar depois de viajarem por Madikeri, Mandya e Bengaluru. Eles mantiveram o menino na casa de um acusado e não o machucaram. O menino também não deu o alarme.

As autoridades disseram que uma investigação mais aprofundada revelará se o principal acusado cometeu o crime apenas por resgate ou por inimizade pessoal. A polícia entregou o menino aos pais após obter permissão do magistrado de Kolar.

Fonte: TNIE

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.