Mercado internacional mantém demanda por hardware de mineração chinês

Apesar de notícias de que o governo chinês pretende controlar o consumo de energia de empresas de mineração em seu país, o futuro das fabricantes de hardware de mineração de bitcoins na China parece estar melhor do que nunca. O veículo de comunicação de Hong Kong, South China Morning Post, informou que há uma considerável demanda internacional por hardware de mineração chinesa – com compradores russos representando uma parcela significativa dela.

Compradores russos geram demanda por equipamento de mineração chinês

O veículo de comunicação chinês passou um tempo com Alex, um empresário russo com 38 anos de idade que estava visitando a China para estabelecer conexões com varejistas de equipamentos de mineração chinês. A reportagem afirma que Alex passou três dias explorando Shenzhen, onde comparou produtos oferecidos por 30 varejistas diferentes. Alex diz ter ido duas ou três vezes à China nos últimos 15 anos para comprar brinquedos e revendê-los na Rússia, entretanto, esta é a primeira vez que veio com o objetivo de comprar equipamentos de mineração.

Alex disse que quando entrou na indústria de mineração de bitcoins, ele comprou 200 unidades de equipamentos em Moscow e que pagou 20% a mais se comparado ao mercado chinês. Ele ressalta que há muito mais coisas a se considerar do que apenas preços, e enfatizou:

“Tudo se resume em como escolher um varejista de confiança.”

Para Alex, Shenzhen, em especial, oferece uma grande variedade de varejistas a serem facilmente escolhidos.

Leia mais: Bitcoin em queda! Seria Robinhood o herói da moeda?

Inúmeros fornecedores de hardware em Shenzen

O veículo de comunicação chinês explorou a SEG Plaza em Huaqiangbei, Shenzen – um dos principais pólos de fabricação que compõe uma zona econômica especial desde os anos 80.

A reportagem relata que o plaza hospeda “vendedores de equipamentos de mineração espalhados entre o quarto e sexto andar em áreas que eram originalmente ocupadas por vendedores de componentes para computador,” ressaltando que “uma loja de mineração possuía uma tradução em russo na parte inferior de seu anúncio.”

Apesar do veículo de comunicação afirmar que “os russos dominam a lista de clientes estrangeiros”, ela também relatou que “indianos e outros europeus” compõem uma parte significativa da demanda para o mercado de hardware de mineração chinesa.

Você acha que a China manterá a liderança no mercado de hardware de mineração? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: Bitcoin.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/