Mercado Livre: investimento estratégico na Paxos e Mercado Bitcoin

O movimento de criptomoeda mais recente do Mercado Livre inclui investimentos em Paxos e 2TM

Mercado Livre: investimento estratégico na Paxos e Mercado Bitcoin

A maior empresa de e-commerce da América Latina, Mercado Libre, adquiriu ações do Grupo 2TM (uma empresa controladora da plataforma de criptomoedas Mercado Bitcoin). Separadamente, fez um “investimento estratégico” em outra organização orientada a ativos digitais, a Paxos.

A principal plataforma de comércio eletrônico da Argentina, Mercado Livre, que demonstrou uma postura pró-cripto nos últimos meses, continua apoiando o setor. A empresa anunciou recentemente que destinou um valor não divulgado de seu portfólio para a 2TM (holding da maior exchange de ativos digitais do Brasil) e a Paxos.

O Mercado Livre espera que esta iniciativa “estimule o ecossistema regional, permitindo oferecer produtos e serviços cada vez mais relevantes para empreendedores e usuários latino-americanos”.

Comentando o assunto, André Chaves, Vice-Presidente Sênior de Estratégia e Desenvolvimento Corporativo do Mercado Livre disse:

“Como uma empresa líder em tecnologia, estamos avaliando ativamente as várias inovações e oportunidades em torno deste mercado à medida que ele evolui, com o objetivo de ser um participante central dessa disrupção. Os ativos digitais e a tecnologia blockchain representam um fenômeno único, global e coletivo que quebra barreiras e cria um campo de jogo aberto e nivelado para que todos os usuários alcancem o empoderamento econômico, o que está muito alinhado com nossa missão como empresa.”

Por sua vez, Daniel Cunha, Vice-Presidente Executivo de Desenvolvimento Corporativo do Grupo 2TM, opinou que o investimento do Mercado Livre pode impactar significativamente o desenvolvimento de criptomoedas e blockchain na região da América Latina.

Embora a parceria do Mercado Livre com a 2TM seja nova, não é o caso da Paxos. No ano passado, as duas entidades colaboraram, concedendo aos clientes brasileiros a oportunidade de comprar, vender e manter Bitcoin, Ether e a moeda estável USDP emitida pela Paxos.

Os investimentos do Mercado Livre com criptomoedas

Em 2021, a gigante argentina de comércio eletrônico permitiu que os clientes comprassem vários apartamentos, casas, sobrados, lotes, terrenos e outras propriedades em Buenos Aires, Santa Fé e Córdoba com bitcoin, caso estivessem dispostos a usar esse tipo de forma de pagamento.

Pouco depois, a empresa fortaleceu seu suporte a criptomoedas adicionando US $ 7,8 milhões em BTC ao seu balanço como parte de sua estratégia de tesouraria.

O Mercado Livre está listado na Nasdaq e é negociado sob o código MEDI. Curiosamente, logo após a organização revelar sua compra de bitcoin, o preço de suas ações aumentou mais de 1%.

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8