Mercado recupera $40 bilhões, mas Bitcoin e Ethereum continuam voláteis

O mercado das criptomoedas está se recuperando após registrar um valor abaixo de $344 bilhões, perdendo mais de $100 bilhões de dólares na semana passada. Apesar das principais criptomoedas, como o Ethereum, terem registrado ganhos nas últimas 24 horas, a maioria das criptomoedas voltaram a registrar quedas.

Volatilidade do Bitcoin

Em 10 de março, o Bitcoin, o Ethereum e outras importantes criptomoedas registraram cerca de 10 por cento em ganhos diários, causando entusiasmo no mercado global de criptomoedas. O Ethereum, em particular, juntamente com outros tokens aumentaram em quase 13 por cento, enquanto o Bitcoin voltou ao valor de $9000 dólares.

Mas, nas últimas horas, em virtude da volatilidade do mercado, o Bitcoin, o Ethereum e outras criptomoedas voltaram a cair. O Bitcoin caiu para menos de $9.000 dólares após alcançar o valor de $9.500 dólares. Aliás, apesar de ter adquirido impulso nas últimas 24 horas, o bitcoin recentemente perdeu $500 dólares de seu preço.

Num período de quatro dias, o bitcoin caiu de $11.600 dólares para $8.300 dólares, subiu para $9.400 dólares e caiu novamente para $8.950 dólares. A extrema volatilidade do Bitcoin é refletida no mercado, que também se manteve volátil durante esta semana.

Leia mais: Cartão de crédito busca devolver 1% em criptomoedas do valor gasto em compras

Quem é o culpado?

Muitos analistas acreditam que a diminuição no preço do Bitcoin e a volatilidade do mercado é culpa da liquidação de Bitcoin feita pelo administrador da Mt. Gox. De acordo com o documento oficial divulgado pelo administrador, mais de $1,5 bilhão de dólares em Bitcoin ainda serão vendidos.

O fator que tem causado problemas é que o administrador da Mt. Gox pretende vender os Bitcoins restantes em exchanges de criptomoeda, ao invés de vender fora de uma bolsa (OTC). Uma quantidade massiva de ordens de venda podem afetar drasticamente o mercado de criptomoedas, especialmente em um período de recuperação como esse, quando os volumes estão relativamente baixos na maioria das exchanges de criptomoedas.

Ao redor do mundo, países como o Japão, a Coreia do Sul e outros estão fazendo avanços otimistas que  poderão melhorar significativamente a implementação de criptomoedas como o bitcoin e o Ethereum a médio e longo prazo. Hoje, foi relatado que a Kakao, maior conglomerado de internet da Coreia do Sul Kakao, responsável pela KakaoTalk, KakaoPay, KakaoTaxi, KakaoStory, Dunamoo (UpBit) e muitos outros aplicativos, planeja integrar as criptomoedas em sua empresa até ao final de 2018.

Mas, apesar dos acontecimentos inovadores no setor das criptomoedas, a maioria das criptomoedas, incluindo o Bitcoin, provavelmente permanecerão, no curto prazo, extremamente voláteis na faixa de $9.000 a $11.000 dólares, até que ocorra um forte pico e o mercado suba rapidamente, assim como ocorreu em dezembro de 2017.

Ethereum e criptomoedas alternativas

Os analistas possuem opiniões divergentes com relação ao futuro do Ethereum e sua performance contra o Bitcoin. Alguns afirmam que o bitcoin provavelmente continuará a ter o melhor desempenho, visto que novos investidores investem primeiro nele antes de migrar para outras moedas.

Alguns dizem que o desempenho de tokens pode aumentar o preço do Ethereum a curto prazo, especialmente num período em que todos os tokens estão abaixo de mais da metade de seus preços recordes.

Embora seja difícil prever a tendência de preços das criptomoedas num período altamente volátil, é importante reconhecer os fatores por trás do declínio e as razões pela qual o mercado está lutando, assim poderemos avaliar as tendências de preço.

Fonte: CCN.com