Michael Saylor, CEO da MicroStrategy: Tesla e empresas Fortune 500 vão comprar Bitcoin para salvar o futuro

Segundo Saylor, se Tesla e outras gigantes não comprarem Bitcoin, logo ficarão para trás

Considerado por muitos no espaço cripto como o iniciador da onda de adoção do Bitcoin, o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, recentemente falou sobre o futuro da criptomoeda. Em uma entrevista ao HyperChange, Saylor previu um aumento no número de participantes institucionais comprando BTC.

Em meados do ano, a MicroStrategy modificou sua estratégia de reserva de tesouro para se concentrar no Bitcoin. O principal motivo da mudança foi a adoção de um ativo de reserva de valor que protegeria a empresa da inflação do dólar. Saylor afirmou:

“Você tem $ 20 bilhões de dólares em energia monetária hoje. Está perdendo 15% de seu poder de compra por ano. Você vai perder metade dessa energia em 36 meses, a menos que a proteja.”

Causado pelas medidas do Federal Reserve dos EUA para combater os efeitos da Covid-19 sobre a economia, o aumento na oferta de moeda em dólar atingiu níveis sem precedentes. Nesse sentido, o CEO da MicroStrategy explicou que fazer um investimento no BTC não serve apenas como um hedge, mas como uma forma de dobrar os fundos:

“Se você colocar no Bitcoin, em vez de perder metade de seu poder de compra, você pode esperar razoavelmente dobrar seu poder de compra a cada ano nos próximos três anos, então por que não colocar $ 1 bilhão e valerá $ 8 bilhões em três anos. Se você ficar com todo o dinheiro, terá a garantia de perder $ 10 bilhões em poder de compra. É uma garantia…

 

Se a Tesla colocar $ 1 bilhão de dólares em Bitcoin, eles dobrarão seu dinheiro em 12 meses. Se colocarem US$ 2 bilhões, provavelmente terão um ganho de US$ 10 bilhões. A propósito, qualquer um poderia fazer isso. Se você é um cara bilionário de fundos de hedge, você coloca um bilhão em Bitcoin, apenas ponha no ar e diga que você fez.”

Bitcoin será a rede e a moeda dominante

Após o anúncio da MicroStrategy, a Square foi a próxima empresa a fazer um grande movimento no BTC. Desde então, parece que toda semana um grande jogador revela que assumiu uma posição comprada no Bitcoin. Saylor acredita que é apenas uma questão de tempo até que empresas como a Apple, Facebook e Microsoft adotem o “padrão Bitcoin”. Ele também acredita que os primeiros a fazê-lo serão os mais beneficiados.

“Quanto mais cedo você entrar, melhor para você. E conforme as pessoas aderem, ele se torna mais poderoso e o preço sobe. Se você é a Tesla, quer ser o primeiro a comprar Bitcoin porque a Apple vai pagar o dobro, o Google vai pagar o dobro e o Facebook vai pagar o dobro e, eventualmente, todo mundo vai aderir, porque se você não aderir, vai perder de 15% a 20% do seu poder de compra… E, neste caso específico, o Bitcoin é a resposta dominante e, à medida que as pessoas começam a perceber isso, só vai acelerar a transição e a taxa de adoção.”

Saylor acredita que o Bitcoin cria um “ciclo virtuoso” em que a adoção impulsiona o preço do BTC e vice-versa. Essa característica o torna um ativo que opera com um “oposto” dinâmico ao do patrimônio líquido no mercado tradicional. Portanto, o CEO da MicroStrategy concluiu o seguinte:

“O Bitcoin é uma rede dominante que não pode ser detida… 99% dos investidores não entendem, mas uma vez que eles entendem, todos têm que entrar em disparada, vão passar por ela e vão fazer lances, fazendo o preço subir.”

Fonte: CNF

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.