CEO da MicroStrategy esperava que o mercado iria ter uma reação pior do que a atual

MicroStrategy

Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, esperava uma carnificina de cripto e mandou o recado que vai continuar com o ‘HODL através da adversidade’

Mesmo que o CEO da MicroStrategy permaneça otimista, apesar da atual condição terrível do mercado de criptomoedas, esses tempos provaram ser os mais angustiantes para todas as partes interessadas, incluindo a empresa de software.

Michael Saylor, twittou em 14 de junho para dissipar as preocupações de que as participações em Bitcoin de sua empresa podem estar prestes a custar caro. Saylor afirma que a empresa pode suportar futuras quedas de preço do Bitcoin, mesmo que a criptomoeda caia abaixo de US$ 3.500.

O pandemônio contínuo do mercado levou o touro cripto a anunciar publicamente que sua empresa de software não corre risco de liquidação. Os registros financeiros da MicroStrategy parecem apoiar seu argumento.

O declínio do mercado das criptomoedas, que começou em abril, se arrastou no fim de semana, perdendo 13% de seu valor nas últimas 24 horas. Desde sexta-feira, o valor das principais criptomoedas Bitcoin e Ethereum diminuiu 15% e 26%, respectivamente.

Atualmente, o Bitcoin está sendo negociado a US$ 21.300, uma queda de 30,29% em relação à semana passada, enquanto o Ethereum está sendo negociado a US$ 1.100, uma queda de 38,64% no mesmo período, de acordo com dados da CoinMarketCap, no momento da edição deste artigo.

A MicroStrategy previu e está preparada com a atual situação

Saylor afirmou que sua empresa estava preparada para a volatilidade do Bitcoin quando inicialmente selecionou uma estratégia de criptomoeda e teve a capacidade de suportá-la.

O inventário de 129.218 BTCs da MicroStrategy agora está sendo mantido com um prejuízo líquido de US$ 1,06 bilhão, de acordo com o recurso de rastreamento Bitcoin Treasuries. Isso representa cerca de dois terços do valor total de mercado do token.

Saylor sustentou que a MicroStrategy está adotando uma postura de longo prazo em seus ativos Bitcoin em reação à turbulência do mercado.

Segundo Saylor disse:

Quando a empresa escolheu uma estratégia #Bitcoin, esperava volatilidade e construiu seu balanço patrimonial para que pudesse continuar #HODL em meio às dificuldades, aludindo ao meme “HODL”, que se refere a “segurar” moedas durante condições de mercado difíceis.

Condição do Empréstimo: Iniciar Chamada de Margem

A MicroStrategy adquiriu um enorme tesouro de Bitcoin e emprestou US$ 205 milhões do Banco de criptomoedas Silvergate Capital usando 19.466 Bitcoins como garantia. Os termos do empréstimo exigem que a empresa de Saylor inicie uma chamada de margem se o Bitcoin cair abaixo de US$ 21.000.

Saylor apontou que eles começaram com US$ 5 bilhões em garantias não prometidas e tomaram US$ 200 milhões emprestados, resultando em uma relação empréstimo/valor de 4%. Ele observou que, se o preço do Bitcoin cair 95% em relação ao seu nível atual, “teríamos que enviar garantias extras”.

A MicroStrategy é a maior empresa independente de software de inteligência de negócios de capital aberto dos EUA. Em agosto de 2020, começou a investir em criptomoedas como um ativo de reserva do tesouro, citando uma moeda americana em queda e problemas macroeconômicos globais.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_