MicroStrategy pode agora estar comprando mais US$ 1 bilhão em Bitcoin

A empresa de inteligência de negócios MicroStrategy está procurando adicionar mais um bilhão de dólares em Bitcoin aos US$ 3,5 bilhões que já possui

A empresa de inteligência de negócios MicroStrategy revelou os detalhes de preços de sua última venda de notas seniores conversíveis. Ele estima que o produto líquido da venda – que será usado para comprar Bitcoin – pode chegar a US$ 1 bilhão, se os investidores comprarem as notas adicionais em oferta.

A empresa está vendendo US$ 900 milhões em notas em uma oferta privada para investidores institucionais. Esses investidores poderão comprar mais US$ 150 milhões em notas, se assim desejarem. A MicroStrategy estima que a receita líquida será de US$ 879 milhões, ou cerca de US$ 1 bilhão se as notas adicionais forem compradas. Esse é o dinheiro que será usado para comprar Bitcoin.

A data estimada de realização da oferta será no dia 19 de fevereiro, em dois dias. As notas terão vencimento em fevereiro de 2027, a menos que tenham sido recompradas antes disso. Depois de 20 de fevereiro de 2024, a MicroStrategy pode resgatar as notas em dinheiro.

A MicroStrategy já possui um total de 71.079 BTCs. Ela pagou cerca de US$ 1,145 bilhão por seu estoque, que agora está avaliado em cerca de US$ 3,5 bilhões. Essas compras de Bitcoin também aumentaram o preço das ações da empresa em 500% em apenas três meses.

Esta é a segunda vez que a MicroStrategy executa notas de venda para comprar Bitcoin. Em dezembro, vendeu US$ 650 milhões em notas com um preço de conversão de US$ 397,99 por ação. Esta última venda tem um preço de conversão muito mais alto de $ 1.432,46 por ação.

No Twitter, o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor, disse: “O Bitcoin nunca dorme, amigo.” Ele também observou que o ouro está em declínio desde que a MicroStrategy começou a comprar Bitcoin, chamando-o de “ativo superior”.

Fonte: Decrypt

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.