Mike Novogratz: “Nunca mais veremos o Bitcoin em U$ 5.000”

O chefe do criptobanco Galaxy Digital, Mike Novogratz, compartilhou seus pontos de vista sobre os principais níveis de suporte para o Bitcoin.

De acordo com o guru do Bitcoin, uma correção mais profunda ainda é possível; no entanto, o BTC tem chances muito baixas de cair para U$ 5.000.

Quando perguntado se achava que o BTC voltaria a U$ 5.000, Mike respondeu: “Acho que não. Acho que, se ficar abaixo dos U$ 8.500, ficarei nervoso. Se ficar abaixo de U$ 6.000, ficarei muito nervoso”, disse ele em entrevista à CNBC.

Em matéria recente trazida pela nossa equipe, Mike havia acertado sua previsão de alta para o Bitcoin. Você pode conferir a matéria na íntegra clicando aqui. Veja abaixo o post no Twitter que motivou a matéria:

“Se o btc chegar a $100, o jogo acabou. NÃO IRÁ. Já se estabeleceu como uma reserva de valor. (…) O btc está se consolidando antes de seu próximo movimento de alta. Deixe que ele trabalhe por você.”

Além disso, ele confessou que mantém ouro em sua carteira de investimentos. A parte do metal precioso é de cerca de 7%. Ele também acrescentou que uma carteira de investimentos bem diversificada deve incluir BTC no valor de 1-3% do valor total da carteira.

Vale a pena notar que recentemente Novogratz disse que vendeu alguns BTC e lamentou não ter vendido mais moedas quando o preço se aproximou de U$ 14.000.

No momento desta publicação, o BTC / USD está mudando de mãos em U$ 11,7310, com 7,5% de ganhos desde o início do dia. O grande líder do mercado tem sido uma das moedas de alto desempenho nas últimas 24 horas, enquanto a sua quota de mercado subiu para 67,5%, o maior nível desde o início de abril de 2017.

Texto adaptado de: FXSTREET

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.