Mineração de Bitcoin ecológica? Square promete zero emissões de carbono até 2030

Mineração ecológica de Bitcoin pode se tornar uma tendências para os próximos anos

A empresa de pagamentos Square se comprometeu a apoiar as operações de mineração de Bitcoin impulsionadas por energia renovável como parte de uma iniciativa ecológica mais ampla. De acordo com um comunicado à imprensa na terça-feira pela manhã, a Square pretende se tornar neutra em carbono até 2030. Isso inclui a redução das emissões de Escopo 3 da empresa, que a Agência de Proteção Ambiental dos EUA descreve como poluição a montante e a jusante de uma organização que não controla diretamente.

A Square fez parceria com a empresa de combate às mudanças climáticas Watershed para reduzir sua emissão de carbono.

Além disso, a Square prometeu US$ 10 milhões para sua recém-lançada Bitcoin Clean Energy Investment Initiative, que apoiará outras empresas no ecossistema do Bitcoin à medida que adotarem energias renováveis.

A empresa explicou:

“A nova Bitcoin Clean Energy Investment Initiative apoiará empresas que trabalham com tecnologias de energia verde dentro da mineração de Bitcoin e visa acelerar sua transição para energia limpa. A empresa pretende reinvestir qualquer um de seus ganhos com o investimento na iniciativa e está a explorar a possibilidade de abrir esta iniciativa à participação de um consórcio de empresas com o mesmo espírito de forma a ampliar o impacto.”

A Square diz que pretende atingir a neutralidade de carbono reduzindo sua própria emissão de carbono e ampliando um portfólio de remoção de carbono, que a empresa planeja lançar no primeiro trimestre de 2021.

Fonte: TheBlockCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.