Mineradores do Reino Unido usam esterco de vaca para fornecer energia à mineração de Ethereum

Com o debate sobre o uso de energia na cripto-mineração, mineradores do Reino Unido usam esterco de vaca para fornecer energia à mineração de Ethereum e aumentam a receita.

Atualmente, uma parcela dos mineradores do país produz eletricidade a partir de esterco e a vende para a National Grid , empresa que opera a rede de transmissão de eletricidade de alta tensão na Inglaterra e no País de Gales. Vender energia renovável para a National Grid pode render aos mineradores em torno de GBP 0,07 (US $ 0,1) por quilowatt, mas operar uma plataforma de criptomoeda pode render GBP 40 (US $ 56,4) por dia e cerca de US $ 21.000 por ano, de acordo com o UK Daily Metro.

Em linha com a tendência, a Easy Crypto Hunter , uma empresa do Reino Unido especializada na fabricação de hardware de criptomoeda para mineração, observou uma grande aceitação por parte dos mineradores que buscam diversificar e aumentar suas receitas.

“Mais recentemente, os incentivos do painel solar diminuíram para praticamente zero, mas nossas máquinas agora estão fornecendo esses incentivos perdidos.”

disse Josh Riddett, CEO da Easy Crypto Hunter.

“A mineração está cada vez mais difícil, e isso é algo que muitas vezes leva o minerador a diversificar para ganhar a vida”.

A empresa usa esterco – metano transformado em eletricidade para ser mais preciso – para operar seu próprio hardware e minerar criptomoeda neutra em carbono. Eles e seus clientes mineram criptos como ethereum (ETH) , mas não bitcoin (BTC) , “porque não é tão eficiente em termos de energia quanto outras moedas e não é tão lucrativo“, de acordo com Riddett.

Ele disse que há quatro anos, quando a empresa lançou suas atividades, a energia verde “não estava no radar [de seus] clientes”, mas que atualmente representa cerca de 40% dos negócios do East Crypto Hunter e continua a crescer a cada dia.

“Há muita diversificação acontecendo na agricultura atualmente e, embora a idade média de nossos clientes agrícolas seja 58, a grande maioria dos agricultores agora pode falar sobre tecnologia com a mesma confiança com que falam sobre vacas e porcos”, disse ele.

Um debate cada vez mais acalorado em torno do uso de energia renovável para mineração de bitcoin foi alimentado pela recente decisão de Elon Musk de suspender o suporte da Tesla para pagamentos BTC por questões ambientais. A mudança foi parte da avalanche que causou a queda do preço do bitcoin no mês passado, mas, mais recentemente, o empresário disse que seu negócio automotivo retomaria o suporte aos pagamentos BTC assim que “houver confirmação de uso de energia limpa razoável (~ 50%) pelos mineradores com resultados positivos.

Per Ridett,

“Elon Musk varreu bilhões dos mercados globais de criptoativos quando disse que a mineração de Bitcoins era ruim para o meio ambiente, mas o que estamos fazendo não poderia ser mais verde”.

Fonte: CryptoNews

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8