Moeda em queda! Bitcoin se aproxima dos $11.000 dólares

Começando o ano com o pé esquerdo

O ano mal começou e o Bitcoin já sofreu sua maior queda, durante a manhã desta terça, a criptomoeda perdeu mais de $2.300 dólares (Bitfinex), marcando uma queda de 17% em menos de 3 horas.

Afetado pelos escândalos relacionados à regulamentação da Coreia (país responsável por um dos maiores mercados de criptografia do mundo), o bitcoin e outras criptomoedas continuaram a cair hoje. Após dar início às negociações de terça-feira próximo dos $13.500 dólares na Bitfinex, o preço do bitcoin permaneceu no valor de $13.200, para logo em seguida despencar para o valor de $10.891 dólares na manhã de hoje.

Até o momento da publicação, o preço do bitcoin deu sinais de uma recuperação e atingiu o valor de $12.000 dólares.

Leia mais: GDAX abrirá livro de pedidos em Bitcoin cash/BTC na quarta-feira

Vilões responsáveis pela queda

A queda coincide com as questões regulamentares da Coreia, além disso, várias reportagens de hoje também apontam para uma proposta de proibição mais ampla por um oficial sênior do banco central chinês, afetando ambas as plataformas de negociação domésticas e offshore. Em uma tentativa de impedir cidadãos chineses de negociar criptomoedas, a proposta de proibição afetará serviços como aplicativos de carteira para celular e provedores de compensação e liquidação.

O mais novo valor do bitcoin está bem próximo do valor de negociação da moeda na primeira semana de dezembro, pouco antes de pegar seu estrondoso impulso e quase atingir o valor recorde de $20.000 dólares.

Naquele momento, os mercados foram influenciados pelo iminente lançamento de contratos futuros pela CME Group e CBOE – demonstrando o interesse dos gigantes de Wall Street em fazer parte do ecossistema das criptomoedas.

A queda do Bitcoin reflete  perdas ainda maiores no mercado das criptomoedas, perdendo quase $147 bilhões de dólares em apenas um dia.

Clique aqui para uma tabela de preços em tempo real do Bitcoin.

Fonte: CCN.com