Mulher é presa por protagonizar maior roubo de criptomoedas da Austrália

O valor gira em torno de $65000

De acordo com o Brisbane Times, uma mulher de 23 anos foi presa em Sydney por roubar criptomoedas de um homem de 56 anos.

Aparentemente, a jovem invadiu o email da vítima em janeiro deste ano. Após utilizar o recurso de verificação em duas etapas, enviando a senha para seu celular, a mulher enviou 100,00 XRP (Ripple) para uma conta na China.

O capital, de aproximadamente $65000, foi convertido para Bitcoin, e o valor foi transferido para várias wallets.

“É um crime significativo, e o primeiro desse tipo na Austrália”, disse Arthur Katsogiannis, comandante do Esquadrão do Crime Cibernético.

WeBitcoin: Mulher é presa por protagonizar maior roubo de criptomoedas da Austrália

De acordo com Katsogiannis, crimes como este se tornarão frequentes nos próximos anos, representamndo um risco aos investidores.

Aparentemente, a mulher foi detida na casa de seus pais, em Ebbing, onde também apreenderam seus dispositivos eletrônicos.

Leia mais: Alibaba Cloud anuncia expansão de serviços Blockchain para o mercado internacional

Crimes como este estão se tornando cada vez mais comuns ao passo que as criptomoedas são aceitas.

Em setembro deste ano, a Zaif, exchange de criptomoedas japonesa, foi hackeada e perdeu US$ 60 milhões em criptoativos.

De acordo com a polícia japonesa, apenas no primeiro semestre deste ano, 158 crimes relacionados a moedas digitais foram registrados. Dentre esses, 60% dos casos ocorreram graças ao uso de detalhes semelhantes de contas e senhas em várias contas online.

Leia mais: Governo britânico interrompe planos de criar uma cripto lastreada em ouro

FONTE: CCN

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli