NFT Artist Beeple vende trabalho mais recente por US$ 29 milhões em leilão

HUMAN ONE é uma escultura física que vem com um NFT.

Não chega a US $ 69 milhões. Mas, ei, US $ 29 milhões não é tão ruim.

Beeple, o artista digital cuja arte tokenizada “EVERYDAYS: THE FIRST 500 DAYs” foi vendida por um recorde de US$ 69,3 milhões em um leilão da Christie, em março deste ano, seguiu com uma venda de US$ 28,9 milhões hoje, de uma obra híbrida física e digital. É a segunda maior quantia paga por um NFT – ou, pelo menos, uma obra de arte acompanhada por um NFT “dinâmico“.

HUMAN ONE é uma escultura em movimento 3D, que representa uma pessoa em um traje espacial, movendo-se por uma variedade de climas. A Christie’s, que esperava que a peça rendesse cerca de US $ 15 milhões (ou seu equivalente em Bitcoin ou Ethereum ), bateu o martelo para US $ 25 milhões. A casa de leilões arrecadou US $ 3,9 milhões além disso, para o prêmio do comprador. Ryan Zurrer, ex-sócio da Polychain Capital, de Olaf Carlson-Wee, reivindicou a oferta vencedora.

HUMAN ONE é a primeira obra de arte física de Michael Winkelmann, também conhecido como Beeple. A peça digital que acompanha está conectada a uma escritura de propriedade emitida no blockchain Ethereum.

O “EVERYDAYS” de Beeple, detém o recorde de NFT mais caro já vendido e, ajudou a impulsionar tokens não fungíveis para fora dos cantos empoeirados das criptomoedas, trazendo-as para a conversa convencional. Atletas e artistas estão se mantendo ocupados lucrando com a tendência. Por exemplo, CryptoPunks, uma coleção de 10.000 caracteres pixelados, vende regularmente por milhões online, enquanto Bored Ape Yacht Club NFTs – que parecem exatamente como soam – reivindicaram grandes somas na Sotheby’s, concorrente da Christie’s.

Os NFTs se originaram no blockchain Ethereum e foram primeiro popularizados pelos CryptoKitties, itens colecionáveis ​​que permitiam às pessoas gastarem ETH na criação de gatos animados exclusivos. Desde então, os tokens se tornaram um componente chave nas estratégias de expansão de blockchains rivais, aparecendo em Solana, Tezos e Flow Blockchain.

O volume de negócios para os tokens digitais ultrapassou US $ 10 bilhões no terceiro trimestre, um aumento ano a ano de 38.000%.

Fonte: DeCrypt

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8