NFTs estão chegando com tudo no Facebook e no Instagram

Criadores de conteúdo poderão exibir seus NFTs no Facebook e Instagram. Imagem: Mundo Conectado.
Criadores de conteúdo poderão exibir seus NFTs no Facebook e Instagram. Imagem: Mundo Conectado.

Meta está 101% focada em construir um futuro onde o metaverso reine. Eles estão começando a jornada permitindo que as pessoas exibam seus NFTs no Facebook e no Instagram.

Em 29 de junho, Navdeep Singh, gerente de programa técnico da Meta, mostrou em seus canais de mídia social um vislumbre do novo recurso NFT PFP do Facebook, que estará disponível inicialmente para um seleto grupo de criadores de conteúdo. PFP é um acrônimo amplamente usado na subcultura NFT que significa “imagem para prova” ou “imagem de perfil”. As informações são do site CryptoPotato.

Conforme mostrado na postagem de Singh, os usuários poderão exibir seus tokens PFP como se estivessem em uma galeria de fotos. Clicar neles será suficiente para exibir todos os seus detalhes.

screenshot
Tweet mostrando o novo recurso NFT do Facebook. Fonte: Navdeep Singh via Twitter

Facebook mergulha seus dedos na Web3

Um porta-voz do Facebook disse ao Techcrunch que o serviço de suporte NFT levará tempo para alcançar a integração total. Além disso, o serviço será lançado inicialmente como um recurso exclusivo dos EUA disponível para um pequeno grupo de criadores de conteúdo.

Além disso, o porta-voz disse que a Meta está agora trabalhando na implementação de NFTs em outras mídias sociais. Isso tornaria o Whatsapp, o Facebook e o Instagram compatíveis com NFTs – ou pelo menos com recursos semelhantes aos já fornecidos pelo Twitter.

screenshot 1
Recurso NFT PFP introduzido pelo Twitter. Imagem: Twitter

Há menos de duas semanas, o CEO da META, Mark Zuckerberg, anunciou que a empresa estava trabalhando em mais testes de compatibilidade NFT no Instagram para que os criadores de conteúdo pudessem compartilhar suas coleções com seus seguidores.

Na época, ele observou que a Meta estava focada no desenvolvimento de suporte para NFTs rodando em Ethereum e Polygon. No entanto, ele sinalizou planos para suportar outras blockchains, incluindo Flow e Solana, uma vez que a integração com o Facebook esteja em vigor.

Meta e Zuckerberg apostam em NFTs

A Meta fez sua entrada no mundo NFT no início de maio, quando introduziu pela primeira vez a compatibilidade para tokens não fungíveis na plataforma do Instagram.

Na época, a empresa pretendia unir o cenário da arte digital ao mundo físico por meio da tecnologia de realidade aumentada Spark AR. Isso permitiria a projeção da obra de arte em espaços físicos. Além disso, os criadores de conteúdo não pagarão nenhuma taxa pelo upload de suas NFTs na plataforma do Facebook.

Zuckerberg deixou claro em várias ocasiões que, apesar de ser uma empresa centralizada, o Facebook – agora Meta – quer acelerar todo o processo de adoção da Web3. O jovem empresário acredita que os NFTs são a melhor maneira de iniciar o caminho para alcançar sua visão, especialmente considerando o quão popular a tecnologia se tornou entre os usuários comuns.

Portanto, embora as criptomoedas e os NFTs estejam atualmente em território baixista, a Meta é sobre o futuro das redes sociais e do metaverso. E nesse futuro mundo digital, os tokens não fungíveis terão um papel fundamental.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.