NFTs ocupam o palco central no, Art Basel Miami 2021

Pela primeira vez, as exposições e vendas da NFT acontecerão no Art Basel em Miami, Christie’s, Aorist e Tezos apresentarão as obras de NFT mais importantes

O Art Basel Miami Beach acontecerá de, 2 a 4 de dezembro de 2021, no Centro de Convenções de Miami Beach. Será uma das exposições iniciais significativas que os colecionadores de arte física terão ao mundo de ponta da tecnologia blockchain.

A casa de leilões de arte, Christie’s, está hospedando uma exposição somente para convidados em um local não revelado em Miami, em parceria com a nft now e OpenSea. A “exposição Gateway” apresentará uma rede labiríntica de salas, retratando obras de arte de 34 artistas do NFT, incluindo Andre Oshea, Ash Thorp, Chad Knight e Sarah Zucker.

Outra entidade que fará exposição no festival de arte é a Aorist, que é um empreendimento artístico interdisciplinar que opera com o que há de mais moderno em arte e tecnologia. Pretende ser um mercado NFT o mais ecológico possível, usando o Algorand para cunhar os NFTs.

A Aorist lançará “Crossroads”, uma experiência descentralizada que consiste em instalações físicas em diferentes locais em Miami, experiências de Realidade Aumentada (AR), experiências imersivas e obras de arte apenas online.

Em uma encruzilhada entre o físico e o digital

Crossroads é ideia de Pablo Rodriguez-Fraile, que juntou forças com o visionário artístico e empresário, Ximena Caminos, para transformar um bairro sofisticado de, Faena em Miami, em um mundo de arte e tecnologia blockchain durante a Miami Art Week. A arte em exibição será em formas tangíveis e intangíveis.

Uma peça chave na “exposição” Crossroads, é o trabalho de Refik Anadol. Ele gerou uma escultura física de coral usando a modelagem de Inteligência Artificial de 1742772 imagens de coral, chamada de “Alucinações de Máquina: Coral”. Obras deste calibre serão as mais caras, seguidas por aquelas combinadas com uma representação digital, uma representação 3D, uma escultura física e, em seguida, uma impressão de edição maior, que será a mais barata.

Outros artistas notáveis ​​cujos trabalhos estarão em exibição incluem Aureia Harvey, Jonas Lund, Joanie Lemercier e Quayola.

Há certa ironia na exposição “Crossroads”, pois eles não aceitarão criptomoedas para compras, mas apenas dólares. Rodriguez-Fraile acredita que a volatilidade do Ethereum o torna inadequado para ser usado como moeda.

Exposição Tezos Green NFT

Tezos, uma blockchain de eficiência energética que usa o mecanismo de consenso Proof-of-Stake, também exibirá uma coleção de NFTs no Art Basel chamada “Humans + Machines: NFTs and the Ever-Evolving World of Art“, que trará discussões de mesa em torno do papel do homem e da máquina na arte e NFT art. A Tezos fornece uma plataforma onde NFTs podem ser produzidos de uma forma ambientalmente sustentável, e os visitantes da exposição, em Miami, terão a oportunidade de criar e cunhar NFTs pessoais, bem como ouvir um painel de palestrantes que falarão sobre as implicações desta nova forma digital de arte.

No início deste ano, uma exposição de arte chamada, “Right Click + Save“, foi realizada por uma parceria entre um estabelecimento de arte e gastronomia de Singapura e a exchange Coinhako. A exposição incluiu “Untitled (Flower)” de, Andy Warhol, “ALIVE” de, Beeple e “Machine Hallucinations: Synthetic Mars Terrian” de, Refik Analdol.

Fonte: BeinCrypto

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8