Nouriel Roubini: Bitcoin é a mãe de todas as bolhas e está fadado ao fracasso

“Criptomoedas são uma bolha parabólica”

Durante uma entrevista concedida ao Instituto CFA, o famoso economista americano Nouriel Roubini, também conhecido como Dr Doom ou Doutor Catástrofe, reafirmou seu posicionamento negativo quanto ao Bitcoin e as criptomoedas.

Possuindo certa expertise em estudos do mercado financeiro, Roubini é um oposicionista declarado das moedas digitais, chegando a afirmar que criptoativos são tão centralizados quanto a Coreia do Norte. Quando questionado sobre seu forte posicionamento durante a entrevista, o economista afirmou que reconhece uma bolha quando a vê.

“Eu estudei tantas bolhas históricas. Eu escrevi um livro inteiro, Crisis Economics, sobre bolhas e seus estouros. Eu reconheço uma quando a vejo. (…) para mim, o espaço inteiro de criptoativos não é dinheiro de verdade. Não são moedas de verdade. Eles não são uma forma escalável de pagamento.”

Roubini continuou seu discurso citando o salto do mercado de criptomoedas em 2017, quando o Bitcoin passou de US$2.000 para US$20.000.

“… para mim, tinha todas as características de uma bolha. Especialmente revelador foi que, no segundo semestre de 2017, haviam milhões de pessoas que não sabiam nada sobre investimentos financeiros ou de portfólio, impulsionadas pelo FOMO ou medo de perder, comprando Bitcoin e todas as outras s**tcoins.”

Segundo Nouriel, a grande queda registrada logo após o pico histórico foi o início do “estouro” da bolha, que ocorreu pois os ativos não possuíam valor fundamental real.

Afirmando ter participado de várias conferências focadas no setor e conhecido grandes nomes deste mercado, Roubini declarou que nunca viu indivíduos mais arrogantes e fanáticos, mas ao mesmo tempo completamente ignorantes sobre economia básica, dinheiro e política monetária.

“Eles querem reinventar tudo sobre o dinheiro, mas a maioria deles é totalmente sem noção.”

O economista cita ainda o exemplo da internet, que muitos acreditavam que era uma bolha em 1990. De acordo com ele, a diferença entre a internet e o Bitcoin é que uma mudou o mundo, enquanto o outro é uma tecnologia “sem absolutamente nenhuma base para o sucesso”, acresentendo que “a mãe de todas as bolhas está agora falida”.

Veja a entrevista completa aqui.