Nova presidente do Banco Central Europeu poderá favorecer as criptomoedas

Christina Lagarde, apontada como nova presidente do BCE, é simpatizante das criptomoedas

Na última terça-feira (2) foi anunciada a indicação para o novo presidente do Banco Central Europeu (BCE), a qual revelou que o próximo mandato será da responsabilidade de Christine Lagarde, advogada francesa e atual Diretora-Gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Lagarde irá substituir Mario Draghi (atual presidente) em novembro, declarando que decidiu deixar temporariamente suas funções no FMI, durante o período de nomeação.

O novo mandato, de acordo com trader e economista Alex Kruger, poderá beneficiar o mercado de criptomoedas, visto que Christine é a favor das inovações proporcionadas pelo setor.

Christine Lagarde foi nomeada como candidata para substituir Mario Draghi como líder do BCE. Ela é uma defensora dos ativos digitais, e poderia representar uma força de transformação no banco central.

Como noticiado anteriormente pelo WeBitcoin, inicialmente a advogada possuía uma postura contrária ao setor, situação que mudou em abril do ano passado, quando ela falou sobre os “potenciais benefícios” das criptomoedas, alegando ainda que o Bitcoin e demais criptoativos poderiam aprimorar o mercado financeiro em termos de velocidade e segurança de transações.

A troca na presidência pode representar uma mudança significativa para o BCE, visto que o atual presidente parece não ter muita simpatia em relação ao setor.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que Mario Draghi declarou que “criptomoedas, Bitcoins, ou coisas do tipo, não são realmente moedas”, acrescentando que os ativos são altamente arriscados e oscilam “descontroladamente”.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli