Novidade: Exchange Troca Ninja passa por remodelação

Exchange 3xbit reformula Troca Ninja para viabilizar nova entrega de serviços

Durante o Bitconf Summer Edition sediado em Fortaleza em novembro de 2018, o CEO da exchange de criptomoedas brasileira 3xbit, Saint Clair Izidoro, anunciou a aquisição da plataforma Troca Ninja.

Após consultar a comunidade sobre como prosseguir com a nova exchange, a equipe da 3xbit optou por remodelar o modelo de negócio da plataforma, utilizando como referência a entrega de valor realizada pela startup finlandesa LocalBitcoins e a solução de mercado eletrônico viabilizada pelo Mercado Livre.

Com a junção de conceitos, a exchange pretende lançar um “Mercado Livre dos Tokens”. A iniciativa foi anunciada durante o Bitconf, que ocorreu no último fim de semana (4 e 5).

De acordo com Saint Clair, o novo projeto retira a restrição de público da 3xbit e viabiliza levar o serviço da plataforma à toda a comunidade.

“Somos muito procurados para colocar tokens e moedas na 3xbit. Hoje a gente tem um propósito: as (…) moedas que a gente quer listar, o critério que a gente tem é o do CoinMarketCap, com uma exceção ou outra de parceria ou coisa do gênero. E com isso eu ficava restrito a um determinado público. Já com os tokens, eu posso abrir para todos, porque é apenas uma intermediação onde a custódia (…) não fica com a gente.”, disse Izidoro ao WeBitcoin.

Segundo o CEO, todas as transações deverão ser realizadas com TNJ, criptomoeda desenvolvida pela exchange Troca Ninja. Posteriormente, os fundos em TNJ poderão ser trocados diretamente na 3xbit.

“E a ideia foi exatamente o Mercado Livre. Então você vai abrir a plataforma, solicita seu token, a pessoa que é responsável, que anunciou (…) nos informa a hash da transação, a gente confirma isso, e a partir desse momento é liberada a TNJ na conta desse cliente.”

Saint Clair destacou que a comunidade Troca Ninja será beneficiada, podendo usufruir do sistema D Zero, visto que outros interessados serão redirecionados ao site da 3xbit para fazer parte de uma lista de espera.

No momento o projeto está em versão beta, ao passo que a exchange aguarda o feedback da comunidade para aprimorar o serviço e levá-lo “para outro nível”.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que a 3xbit adquiriu parte da OriginalMy, startup brasileira focada na tecnologia blockchain. De acordo com Saint Clair, a nova sociedade faz parte de uma estratégia da 3xbit para viabilizar a entrega de soluções ainda mais inovadoras, possibilitando também a entrada efetiva da exchange no mercado internacional.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli