Novo cabo submarino do Google conectará os EUA à Espanha e ao Reino Unido

O cabo Grace Hopper será a primeira rota direta do Google para a Espanha

À medida que a sociedade se torna cada vez mais dependente da internet, a importância dessa infraestrutura crítica apenas aumenta. É por isso que o Google anunciou na terça-feira que está construindo um novo cabo submarino privado para conectar os EUA a outras partes do mundo.

“Hoje, 98% do tráfego internacional da Internet é transportado ao redor do mundo por cabos submarinos. Uma vasta rede submarina de cabos cruzando o oceano torna possível compartilhar, pesquisar, enviar e receber informações em todo o mundo à velocidade da luz. Nos dias de hoje, como as formas como trabalhamos, brincamos e nos conectamos estão se tornando cada vez mais digitais, a conectividade confiável é mais importante do que nunca.

 

É por isso que estamos entusiasmados em anunciar um novo cabo submarino – Grace Hopper – que será executado entre os Estados Unidos, o Reino Unido e a Espanha, proporcionando melhor resiliência à rede que sustenta os produtos corporativos e de consumo do Google.”

O Google está em parceria com o fornecedor submarino de cabos SubCom no projeto, que se chama Grace Hopper, em homenagem ao cientista da computação americano com o mesmo nome. Hopper, que morreu em 1992, foi pioneiro no campo da programação de computadores. Ele é creditado com a criação de um dos primeiros compiladores, o que levou diretamente ao desenvolvimento da linguagem de programação COBOL.

 

A SubCom está no mercado desde 1955 e trabalhou em mais de 200 sistemas ao longo dos anos.

————————————————————————————————————————————–

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: coinext.com.br

————————————————————————————————————————————–

O cabo submarino apresentará 16 pares de fibras (32 fibras) e fornecerá ao Google uma rota direta para o Reino Unido e a Espanha. De acordo com a gigante da tecnologia, será o primeiro cabo submarino a implementar a tecnologia de comutação por fibra óptica, permitindo que eles direcionem melhor o tráfego durante interrupções.

O Google e o SubCom antecipam a conclusão do trabalho no cabo Grace Hopper em 2022.

Fonte: TechSpot

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.