Nubank adiciona negociação de Bitcoin e Ethereum para usuários

nubank bitcoin contra capa
Clientes do Nubank agora podem comprar criptomoedas com reais. Imagem: Reprodução

Usuários do Nubank poderão comprar Bitcoin e Ethereum usando o real

Maior neobanco do Brasil e uma das maiores fintechs da América Latina, o Nubank anunciou a integração de negociação de criptomoedas na quarta-feira, 11 de maio de 2022.

O Nubank, em parceria com o desenvolvedor de blockchain Paxos, agora fornecerá aos usuários a opção de negociar as duas maiores criptomoedas do mundo por valor de mercado – Bitcoin e Ethereum. Espera-se que o suporte para negociação de ativos digitais seja lançado na quinta-feira (12 de maio de 2022).

https://twitter.com/WatcherGuru/status/1524447230618390529?ref_src=twsrc%5Etfw

“O maior banco digital do Brasil, Nubank, está pronto para oferecer negociação de #Bitcoin e #Ethereum.”

De acordo com detalhes do anúncio oficial, o recurso será lançado em fases, começando pelos usuários do Nubank no Brasil. A gigante fintech espera expandir o serviço em toda a América Latina até o final do segundo trimestre de 2022.

Anteriormente, o banco digital oferecia exposição à indústria de criptomoedas exclusivamente por meio de seu braço de investimento dedicado NuInvest. A agência permitia que os usuários acessassem fundos negociados em bolsa (ETFs).

Por fim, os funcionários da Paxos destacaram que os investidores agora podem comprar ativos digitais usando a moeda fiduciária nacional do Brasil – real.

No início de dezembro de 2021, o Nubank ganhou as manchetes com sua abertura de capital. Depois de lançar sua IPO, o grande banco recebeu um enorme capital inicial da Berkshire Hathaway, de Warren Buffet. A holding multinacional supostamente gastou US$ 250 milhões comprando cerca de US$ 30 milhões em ações da gigante latino-americana.

Antes disso, a Berkshire Hathaway havia investido US$ 500 milhões no Nubank durante a arrecadação de fundos da Série G da empresa.

Curiosamente, os comentários anteriores de Warren Buffet sugerem que o bilionário não acredita em criptomoedas. Buffet disse recentemente que não compraria todo o Bitcoin do mundo por US$ 25. O CEO da Hathaway também enfatizou que a empresa nunca teria posições ou negociações de criptomoedas.

Senado do Brasil aprova Bitcoin e Crypto Bill

O anúncio do Nubank vem logo após um desenvolvimento importante para as criptomoedas no Brasil. No final de abril de 2022, o Senado do país deu luz verde para um projeto de lei destinado a legalizar as criptomoedas e promover a adoção do Bitcoin.

Embora a proposta ainda precise de aprovação da Câmara dos Deputados e do Presidente, os proponentes das criptomoedas esperam que o projeto de lei seja aprovado até o final de 2022.

Fonte: EWN

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.